Guest Post »

Coletivo Luiza Bairros realiza 2° encontro do I Ciclo Formativo Antirracista Artes de Aquilombamento na UFBA

O encontro propõe diálogos e uma oficina sobre combate ao racismo para toda comunidade acadêmica

Por Alana Bittencourt Do Agenda Arte e Cultura

Foto: Reproduzida/ agenda arte e cultura 

Na próxima sexta (11), das 17h30 às 21h, no Auditório Milton Santos do Centro de Estudos Afro-Orientais, acontece o I Ciclo Formativo Antirracista Artes de Aquilombamento na UFBA. Este será o 2° encontro do ciclo, e contará com uma oficina de preparação para atuar na identificação e combate do racismo a partir do ponto de vista jurídico.

O evento é organizado pelo Coletivo Luiza Bairros, formado por docentes, discentes e técnicos administrativos negros da UFBA, e tem como proposta responder questões como: “O que é racismo institucional?, Qual a diferença entre racismo e injúria racial?, Como identificar uma situação racista?, Que atitude tomar?, A que instituições recorrer e como?

A oficina será ministrada pelos convidados Dra. Lívia Vaz (Promotora de Justiça do Ministério Público da Bahia), Professora Tatiana Emília Dias Gomes (Faculdade de Direito da UFBA) e Vitor Marques (estudante da Faculdade de Direito da UFBA e pesquisador do PDRR – Programa de Direito e Relações Raciais), com o objetivo de denunciar e lutar contra o racismo institucional.

No primeiro encontro, no último dia 6, como abertura do ciclo, aconteceu uma roda de conversas para compartilhar experiências e reflexões sobre os vários modos de resistência de mulheres negras ao racismo Institucional na UFBA, em diversos momentos e espaços de suas travessias.

O CEAO fica localizado na Praça Inocêncio Galvão, no Largo Dois de Julho.

Related posts