Consulesa da França: “Para eles, talvez nós é que sejamos terroristas”

Alexandra Baldeh Loras, 37, francesa de origem muçulmana e judaica, vive no Brasil há dois anos como consulesa do país em São Paulo. Ela deu o seguinte depoimento à Folha:

No DCM

“Após os ataques, tenho escutado: “Temos que matar esses terroristas”. Vamos matar como eles mataram? É essa a solução? Sou contra a pena de morte. Gostaria de conhecer as reivindicações deles. Por que se tornaram loucos assim? Por que caíram no extremismo?

Para eles, talvez nós é que sejamos terroristas. Quantas atrocidades foram cometidas nas ex-colônias? Pegaram argelinos, marroquinos, senegaleses para lutar pela França e defendê-la para ser um país livre.

Aprendi na escola que eram voluntários. Hoje, documentários mostram que não tiveram escolha, as famílias eram ameaçadas. Há um lado da história da França muito obscuro, que ela não quer assumir.

A pátria mãe francesa parece ter esquecido os 400 anos de escravidão e 300 de colonização. A França ainda não se desculpou pela dores imensas que causou na África. Precisa se aceitar como sociedade multicultural e multirracial. E hoje ela não quer assumir esses filhos. Eu me coloco entre eles. Nos sentimos rejeitados. E me refiro aos africanos, aos árabes, aos asiáticos e aos judeus também. A todas as minorias.”

+ sobre o tema

Após ser eliminado por fraude nas cotas raciais, candidato ganha causa e é nomeado diplomata em vaga para negros

Após ser barrado em uma comissão, por não apresentar características...

Mãe de motoboy diz que filho foi morto por ser negro

Por: TALITA BEDINELLI A pedagoga Elza dos Santos, 62,...

Marina Silva acerta filiação ao PSB

O quadro sucessório de 2014 sofre uma reviravolta...

O quociente eleitoral e partidário. Em quem mesmo você votou ??? – Por: Rodnei Jericó

Em nosso sistema eleitoral à escolha do representante do...

para lembrar

França: Quem é Elisabeth Moreno, ministra para a igualdade de género ?

Após a derrota nas eleições municpais em França, o...

França garante “fazer da luta contra o antissemitismo uma causa nacional”

O governo francês garante que vai "fazer da luta...

Quatro policiais são indiciados por agressão a homem negro na França

Quatro policiais foram indiciados e dois deles detidos no...

O que acontece com os Bolsonaros fora do Brasil?

Países da Europa sofrem episódios parecidos com alguns dos...

Controvérsia na França por declaração racista de deputado de extrema direita: ‘Volta para a África’

Um deputado de extrema direita desatou confusão na Assembleia Nacional francesa nesta quinta-feira ao ser acusado de fazer declarações racistas contra um parlamentar negro...

Ex-ministra da França lança candidatura para unir esquerda contra Macron

A ex-ministra da Justiça francesa Christiane Taubira se lançou oficialmente como candidata às eleições presidenciais de abril, com o objetivo de unir uma esquerda muito...

Tradução da escritora brasileira Conceição Evaristo é premiada na França

“A escrita da Conceição Evaristo trabalha com diferentes registros de língua. Não foi fácil, não somente pelo vocabulário, mas também por essa troca de registros...
-+=