segunda-feira, janeiro 30, 2023
InícioQuestões de GêneroLGBTQIA+Convocação – Blogagem Coletiva pelo Dia da Visiblidade Trans*: Basta de Transfobia!

Convocação – Blogagem Coletiva pelo Dia da Visiblidade Trans*: Basta de Transfobia!

Em parceria com as Blogueiras Negras,  Transfeminismo e True Love convidamos você para participar da ‘Blogagem Coletiva Pelo Dia da Visibilidade Trans*: Basta de Transfobia!’.

Em 29 de janeiro de 2004, foi lançada a primeira campanha institucional contra a transfobia no país. A campanha “Travesti e Respeito” do Departamento DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, foi a primeira campanha nacional idealizada e pensada por ativistas trans* para promoção do respeito e da cidadania. O Dia da Visibilidade Trans* tem o objetivo de ressaltar a importância da diversidade e respeito para o Movimento Trans*, representado por travestis, transexuais e transgêneros.

A proposta da Blogagem Coletiva é agregar e divulgar material referente a visibilidade trans e ao combate da transfobia. Durante a semana de 27 a 31 de janeiro, publique um post sobre o tema (em seu blog, tumblr, facebook, etc.) e nos envie o link. Publicaremos uma lista com todas os participantes no dia 31 de janeiro. A hashtag que será usada nas redes sociais é: #VisibilidadeTrans.

A transfobia é uma violência que pessoas trans* passam todos os dias. Essa violência acontece quando uma pessoa trans* é chamada de “traveco”, quando falam que uma pessoa trans* é menos homem ou menos mulher. Transfobia é ser ignorada pelo mercado de trabalho. Transfobia é ser expulsa da escola. Transfobia é não poder usar seu próprio nome. Transfobia é desrespeitarem sua identidade de gênero. Transfobia é não ter acesso a coisas básicas, como um banheiro. Além dia, a transfobia mata muitas pessoas trans*.

Por isso, 29 de janeiro é Dia da Visibilidade Trans*. Sempre é importante lembrarmos o que é transfobia e quais direitos pessoas cissexuais acessam todos os dias, mas que são negados as pessoas trans*. E, especialmente, para lembrar que o Brasil é um dos países que mais mata pessoas trans* no mundo.

 

Fonte:  Blogueiras Feministas

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench