De biquíni e maiô, gordinhas famosas fazem manifesto contra o preconceito

Cacau Protásio, Simone Gutierrez, Mariana Xavier e Fabiana Karla aparecem se divertindo em praia: ‘Livre-se da canga e curta o verão’.

Por: Carol Marques

Lindas e fora dos padrões. E daí? Cacau Protásio, Simone Gutierrez, Mariana Xavier e Fabiana Karla posaram juntas e de roupa de banho – ou seja, usando biquíni e maiô – na última sexta-feira, 31, na Prainha, na Zona Oeste do Rio, para um manifesto bem-humorado e consciente contra o preconceito às formas voluptuosas de grande parte da população brasileira.

Orgulhoso, o quarteto postou – cada uma em seu próprio Instagram – a mesma foto em que aparecem felizes, se divertindo e jogando suas cangas para o alto, na manhã desta segunda-feira, 3. “Queremos dizer para as mulheres comuns que não é preciso ter um corpo de verão. É preciso ter um corpo e aproveitar o verão sem neurose”, conta Mariana Xavier, atriz de “Minha mãe é uma peça” e “Além do horizonte”.

cacau-protasio-instagram

O que motivou a reunião das “gordelícias”, como se refere a si e às amigas Fabiana Karla, foi uma publicação na qual ensinavam a mulher que se deu mal na dieta a ir à praia: “Até se cercar de crianças para fazer um buraco na areia e depois entrar nele mandavam. Ou andar com roupas largas e estampadas. Tinha até um tópico que dizia para a mulher acima do peso não ir à praia. Ficamos chocadas com isso e decidimos nos manifestar. Saúde sempre, mas vivam a vida sem essa cobrança. A sociedade está criando uma geração de bulímicos neuróticos”, dispara Mariana.

Cacau Protásio, que no momento faz reeducação alimentar e já eliminou 13 quilos, diz que jamais sofreu o preconceito na carne. “Se sofri, nem percebi. Acho que evoluímos muito. Estamos trabalhando na televisão, mesmo não estando dentro dos padrões que o mundo insiste em ter. Acho que representamos uma grande parte de mulheres que precisam estar bem com sua autoestima. Sempre tive a minha lá no alto”, explica ela, que hoje aprendeu a comer melhor: “Não quero ficar linda e gostosérrima. Estou fazendo reeducação porque preciso estar saudável e a gordura não é saúde. É difícil? Muito. Tem hora que quero comer um doce. Mas aprendi a controlar a comida e não ela a me controlar”, desabafa.

Sem photoshop e produção
A ideia de Cacau, Mariana, Simone e Fabiana Karla era uma reunião de amigas na praia, sem que houvesse uma grande produção por trás. Chamaram o fotógrafo Janderson Pires para registrar o momento. “Pedimos a ele que não houvesse retoque, e pelo que vi não houve mesmo. Todas as minhas gordurinhas estão ali (risos). Lógico que a gente dá um truque, coloca o braço pra cima, como qualquer mulher, gorda ou magra, faria”, justifica Mariana, que às vezes usa maiô na praia: “Mas achei importante levar meu biquíni e mostrar como sou de verdade”.

Simone Gutierrez, que sempre foi gordinha, mas teve que ganhar alguns quilinhos para viver a vedete Serena em “Joia rara”, acredita que a fot das quatro pode, inclusive, inventivar outras mulheres a fazerem o mesmo. “Adoraria que isso acontecesse. Em 2014 temos um preconvceito tão grande ainda contra as diferenças é de um retrocesso sem limites. Ninguém vê um gordo em opropaganda de xampu, em editorial de produtos de beleza. Está mudando? Sim, mas não sejamos hipócritas, as gordinhas não são vistas como belas”, avalia ela, que só não posou de biquíni para a foto, por falta de tempo: “Não tive como comprar um a tempo. Mas adoraria ter posado de biquíni. Como fiz anos de dança, o maiô acaba sendo minha peça favorita para ir à praia por questão de conforto”.

Fabiana Karla, que também postou a foto, criou até hashtags para o clique: “Não é a gente que tem que ser gostosa pro verão, é o verão que tem que ser gostoso pra gente! Saúde sim, neurose não. Tendência da estação é o amor próprio! Cangas ao alto! Manifesto pelo respeito às diferenças @barbiefat @cacauprotasio @marixareal @simonegutierrez #osolnasceupratodas #fatproud #movimentoplussize #tireseubiquinidagaveta #enterreopreconceito #glamouréserfeliz #veraosemvergonha #gordelícias #mulheresreais #revelesuabeleza”, escreveu.

gordelicias3 gordelicias_by_janderson_pires_007 gordelicias2

 

Fonte: EGO

 

+ sobre o tema

Gordinhas dizem não!

A educadora e blogueira Ana Rita Duarte, especialista em...

Prefeito diz que Quinta Gospel é de Deus e pastor sugere “Quarta da Macumba”

Ângela Kempfer e Aline Araújo Se depender da administração municipal,...

Governo vai monitorar postagens preconceituosas na internet

Objetivo é identificar crimes de ódio e incitação à...

para lembrar

5 coisas que toda mulher gorda precisa saber

Estava eu pesquisando na internet quando me deparei com...

Fora do mapa: documentário levanta debate sobre marginalização das favelas

Filme mostra que cada mapa representa muito mais do...

Religiões de matriz africana sofrem perseguição em comunidades cariocas

Estudo aponta existência de 847 terreiros no estado, dos...

Brasileiros relatam casos de agressões e ofensas na Irlanda

'Puta'. Foi assim que um rapaz que eu tinha...
spot_imgspot_img

Justiça de SP condena professor da Fatec por xenofobia contra aluna do Nordeste

O colégio recursal do Tribunal de Justiça de SP em Santos confirmou uma decisão que condenou o Centro Paula Souza e um docente da...

Casa da covereadora Carolina Iara sofre atentado a tiros na madrugada

A casa da covereadora Carolina Iara, 28 anos, na zona leste de São Paulo, uma das representantes do mandato coletivo Bancada Feminista, eleito para...

Uso de algoritmos em processo seletivo de emprego pode prejudicar candidatos

As máquinas tomam mais decisões sobre as nossas vidas do que se pode imaginar. Algoritmos podem decidir se um indivíduo terá um crédito aprovado...
-+=