Defensoria Pública garante parceria com Cedenpa

Fonte: Agência Pará de Notícias –

Na tarde desta segunda-feira (19) o Centro de Estudos e Defesa do Negro no Pará – Cedenpa, por meio da coordenadora do Grupo de Articulação, Zélia Amador de Deus, reuniu com a Defensoria Pública do Estado, com a participação do defensor público geral, Antônio Roberto Cardoso e do assessor de governo e defensor público, José Roberto Martins.

 

O encontro teve o objetivo de “solicitar o apoio da Defensoria Pública na abertura de um canal institucional, de maneira duradoura, para encaminhar os casos ligados à população negra, principalmente, os que se referem às questões de explicitação do racismo, questões quilombolas e afro-religiosas, além de outros casos que possuem por base o racismo, mesmo que não explicitados”.

 

O documento que formalizou o pedido de parceria foi assinado pelo representante legal do Cedenpa, Edilamar dos Anjos Conceição; pela coordenadoras do Grupo de Projetos, Raimunda Nilma de Melo Bentes e do Grupo de Articulação, Zélia de Deus.

 

Para justificar a parceria, Zélia de Deus afirmou que “a Defensoria Pública já tem demonstrado, na prática, que tenta fazer sua parte na construção de uma democracia substantiva”.

 

Zélia também destacou que o serviço prestado pelo Cedenpa apresenta uma procura elevada, “até porque 70% da população do Pará é composta de pessoas da cor parda mais preta”, lembra ela.

 

O Cedenpa, que em 2010 completará 30 anos, é uma entidade que atua no combate ao racismo e dentre outras conquistas a serem comemoradas, figuram a criação da Delegacia de Combate a Crimes Discriminatórios -DCCD; o convênio firmado junto ao Ministério da Justiça, que custeou, através do Conselho Municipal do Negro, os serviços de advogados para acompanhar denúncias de práticas de racismo, além da realização de trabalhos apoiados pela Ordem dos Advogados – OAB.

MAtéria original

+ sobre o tema

Presidente da Câmara anula impeachment de Dilma

A decisão será publicada na edição do Diário da Câmara...

“É melhor morrer em pé do que viver de joelhos”

Quem ama as liberdades democráticas que se mire em...

Abolicionismo do século 21

Por: Edson França Completamos no dia 13 de...

Governo suspende novas vagas do Pronatec, ProUni e Fies

Brasília - Uma das vitrines da área social da...

para lembrar

Como a corrida mundial pelo processamento de dados pode ‘colonizar’ o Brasil e outros países?

A crescente diferença entre os países na capacidade de...

Lula afirma que quem quiser vencê-lo deverá acordar cedo e pôr “pé no barro”

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva transformou o...

Até quando a sabotagem conservadora poderá resistir?

por Saul Leblon A Folha quer ser...

Clamor por candidatura negra não se restringe a ‘troca de cor’, explica Sílvio Humberto

Vereador em seu segundo mandato, Sílvio Humberto (PSB) tentou...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=