Deputado chama ministro do STF Joaquim Barbosa de ‘moreno escuro’

 

Júlio Campos usou expressão ao defender prisão especial para autoridades. ‘Eu não me lembrava [do nome do ministro]’, justificou Campos

O deputado federal Júlio Campos (DEM-MT) provocou constrangimento na reunião da bancada do partido na Câmara nesta terça-feira (22) ao chamar de “moreno escuro” o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa.

Campos lançou mão da expressão ao criticar a eficácia do foro privilegiado destinado às autoridades no país e defender a prisão especial para autoridades, uma das questões polêmicas em debate na reforma do Código Penal, que está prestes a ser votada na Casa.

“Essa história de foro privilegiado não dá em nada. O nosso Ronaldo Cunha Lima [ex-deputado e ex-governador da Paraíba] precisou ter a coragem de renunciar ao cargo para não sair daqui algemado, e, depois, você cai nas mãos daquele moreno escuro lá no Supremo, Aí, já viu”, afirmou Campos.

Ao G1, o deputado disse que não desdenhou do ministro nem usou a expressão “com maldade”. Ele afirmou que, naquele instante, não lembrou do nome de Joaquim Barbosa.

“Eu falei: ‘o ilustre ministro moreno escuro’, que não me lembro o nome. Não foi com nenhuma maldade. Não foi desdém com ninguém. Foi porque eu não me lembrava”, justificou o deputado.

Citado por Campos, o ex-deputado Ronaldo Cunha Lima foi acusado de tentar matar o ex-governador da Paraíba Tarcísio Burity. Lima renunciou ao mandato de deputado para não ser julgado em processo que tramitava no STF justamente sob a relatoria de Joaquim Barbosa.

Campos é um dos parlamentares do DEM que cogita deixar o partido para migrar para a nova agremiação política criada pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), o Partido Social.

Fonte: Vida Publica

+ sobre o tema

Réquiem para um jovem negro assassinado

por Flávio Leandro Meus Amigos e Minhas...

O corpo negro na Educação Física escolar

O presente ensaio tem com proposta provocar alguma reflexão...

ONU lança guia para orientar denúncias de discriminação étnico-racial

  BRASÍLIA (Notícias da OIT) – A Organização...

Seminário Racismo, Igualdade e Políticas Públicas

Bom dia a todas e todos. Agradeço inicialmente ao Inesc...

para lembrar

Comunicado Original de Federación Panafricanista

Fonte: Panafricanos.com   OTRO atentado racista contra un joven negro en...

Quase 60% dos negros africanos de Moscou já foram agredidos, diz estudo

Fonte - O Estado de São Paulo - Levantamento...

Evaldo Lima quer discutir o racismo no futebol

  Em pronunciamento na manhã desta terça-feira, 19, o vereador...
spot_imgspot_img

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...

Criança não é mãe

Não há como escrever isto de forma branda: nesta quarta-feira (12), a Câmara dos Deputados considerou urgente discutir se a lei deve obrigar crianças vítimas de estupro à...
-+=