Dia de Luta contra Discriminação Racial é tema de encontro com bancada feminina do Congresso

A ministra da SEPPIR, Nilma Lino Gomes, e Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados realizam atividade nesta quarta-feira (18) em alusão ao Dia Internacional da Mulher e ao Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial

Do Seppir 

Com o intuito de abrir o diálogo com a bancada feminina do Congresso Nacional, a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (SEPPIR/PR), em parceria com a Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados, realiza nesta quarta-feira (18) um café da manhã alusivo ao dia 08 de março – Dia Internacional da Mulher, e ao dia 21 de março – Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial. O encontro será no Salão Nobre da Câmara dos Deputados, a partir das 8h30, e contará com a presença de deputadas e senadoras.
A ocasião será um momento da SEPPIR aprofundar a relação com a bancada feminina do Congresso. Na atividade também serão apresentados os quatro eixos prioritários da atual gestão – ações afirmativas, quilombolas e povos de comunidades tradicionais, juventude e internacionalização. O encontro também será uma oportunidade para estabelecer o diálogo político, com a apresentação das perspectivas da SEPPIR em relação à pauta das mulheres negras no Parlamento.
21 de março – Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial
Declarada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 1966, a data foi adotada pela ONU em memória ao massacre ocorrido em 1960, em Sharpeville, na África do Sul. Na ocasião, 69 pessoas foram executadas pela polícia durante uma manifestação pacífica contra as leis de segregação racial impostas aos negros e negras sul-africanos com a política de segregação racial do Apartheid, implantado desde 1948 pelos ingleses na África do Sul.
A mesma data também foi escolhida, em 2003, para oficializar a criação da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (SEPPIR), que neste ano de 2015 completa 12 anos de existência. O ministério foi criado pela Medida Provisória n° 111, de 21 de março de 2003, convertida na Lei 10.678, no primeiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 

SERVIÇO:
Encontro com a Bancada Feminina do Congresso Nacional
Onde: Salão Nobre da Câmara dos Deputados – Brasília (DF)
Quando: 18 de março de 2015, quarta-feira
Horário: 8h30

+ sobre o tema

Esperança de justiça une mães de vítimas da violência policial no Rio

A longa espera por justiça é uma realidade presente...

Primeira mulher trans a liderar bancada no Congresso, Erika Hilton diz que vai negociar ‘de igual para igual’

A deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP) foi aclamada nesta quarta-feira como...

Estrela do Carnaval, ex-passista Maria Lata D’Água morre aos 90 anos em Cachoeira Paulista, SP

A ex-passista Maria Mercedes Chaves Roy – a ‘Maria...

para lembrar

Jurema Werneck responde a 5 perguntas sobre discriminação racial

Mulher, negra, carioca, acadêmica, ativista. Estas são apenas algumas...

Portugal: Afrodescendentes lutam contra discriminação racial

O combate ao racismo não é tema dominante na...

Polícia conclui que Seu Jorge foi alvo de racismo no RS, mas não identifica autores

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul concluiu o caso...

Combate ao racismo: Governo implanta o Disque 138

A ministra-chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da...
spot_imgspot_img

Torta de climão

Conversa vai, conversa vem, dia desses uma conhecida relatou o desconforto que sentiu ao ser tratada como "a diferente" durante uma viagem ao exterior. –...

Servidora suspeita de injúria racial durante show é exonerada em MS

Uma servidora, de 49 anos, foi afastada de suas funções por suspeita de injúria racial contra a advogada Juliana Silva, de 32 anos, durante um show...

‘Números da Discriminação Racial’ é um chamado para repensar nossas políticas

Existem avanços no cenário racial brasileiro. Houve uma melhora na conscientização de parte da sociedade em relação aos desafios dessa agenda. O debate está...
-+=