Diretor da Educafro se recusa a participar de audiência com Feliciano

Por: VINICIUS SASSINE

 

BRASÍLIA – A crise instalada na Comissão de Direitos Humanos desde a chegada do deputado Marco Feliciano (PSC-SP) à presidência produziu um efeito negativo prático: o cancelamento de uma audiência da comissão após a recusa de um militante dos direitos dos negros em participar. O GLOBO mostrou ontem que a estratégia de Feliciano, em meio à forte pressão pela saída do cargo, é demonstrar proximidade à causa dos negros e se desvencilhar da acusação de racismo em curso no Supremo Tribunal Federal (STF). O deputado havia preparado para esta quarta-feira, às 14 horas, a realização de uma audiência pública para discutir a inclusão no mercado de trabalho sem discriminação de cor. O evento precisou ser cancelado porque o diretor-presidente da Educafro, o frei franciscano David Santos, comunicou a Feliciano que não compareceria à Câmara.

Em entrevista ao GLOBO, frei David criticou a permanência de Feliciano na presidência da Comissão de Direitos Humanos e disse que prefere comparecer à Câmara para a audiência pública depois de resolvida a crise na comissão. A Educafro é uma entidade sem fins lucrativos que prepara negros para o ingresso nas universidades públicas, por meio das cotas, e nas universidades privadas, com a obtenção de bolsas de estudo. A Educafro atua no Rio de Janeiro, em São Paulo, em Brasília e em Minas Gerais. Frei David é um militante histórico da causa.

– Para nós, a comissão vive uma crise, e qualquer comissão será mais eficiente se primeiro resolver essa crise. A conjuntura toda pede a saída dele (de Feliciano), uma saída digna, até para o bem da saúde psicológica dele – afirmou frei David.

O diretor da Educafro apontou a falta de afinidade entre Feliciano e as causas da Comissão de Direitos Humanos:
– Em cada cargo é preciso provar um histórico de afinidades naquela causa. É importante que daqui para frente só possa se candidatar quem tem experiência de pelo menos três anos na defesa dos direitos humanos.

Segundo frei David, a audiência que estava prevista para hoje já estava agendada com o então presidente da comissão, deputado Domingos Dutra (PT-MA). Na gestão de Dutra, a Educafro participou de outras cinco reuniões sobre o assunto. Com Feliciano na presidência, faltou “planejamento” sobre o que seria discutido na audiência, conforme o diretor da Educafro.

– Ele me mandou um e-mail na segunda-feira, convocando para a audiência. Respondi que não é assim, de uma hora para outra. Espero que ele aprenda que um tema sério como esse deve ser agendado com antecedência – disse frei David.

Sem a audiência, a Comissão de Direitos Humanos se reúne nesta quarta apenas para discutir requerimentos, com temas relacionados à saúde indígena e à contaminação por chumbo em Santo Amaro da Purificação (BA), entre outros. Um único requerimento é de autoria de Feliciano: a viagem a Oruro, na Bolívia, prevista para a próxima segunda, 8, para acompanhar a situação dos torcedores corintianos presos na cidade.

 

 

Fonte: O Globo

+ sobre o tema

FNDE lança plataforma Antonieta de Barros, iniciativa para consolidar dados da educação brasileira

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia...

Termina hoje (14) prazo para inscrição no Enem

Termina hoje (14) o prazo para inscrições no Exame...

Estudantes têm até esta sexta-feira (14) para se inscrever no Enem

Termina nesta sexta-feira (14) o prazo para inscrições no Exame...

Harvard lança mais de 100 cursos gratuitos e legendados em português

Os cursos disponíveis são divididos nas áreas a seguir. Artes...

para lembrar

Quando entro numa escola, tenho a sensação momentânea de ser uma “celebridade” !!!!

Quando entro numa escola, tenho a sensação momentânea de...

Consideradas obesas e não efetivadas, professoras se sentem alvo de preconceito

Temporárias na rede estadual, professoras não foram efetivadas.Laudo médico...

Governo Lula multiplica número de jovens negros na universidade

Em sete anos, mais jovens negros entraram nas universidades...
spot_imgspot_img

Quem se inscreveu no Enem 2024 tem até quarta-feira (19) para pagar taxa

O participante que se inscreveu no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 têm até a próxima quarta-feira (19) para pagar a taxa de...

FNDE lança plataforma Antonieta de Barros, iniciativa para consolidar dados da educação brasileira

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC), lançará na próxima terça-feira, 18, a plataforma Antonieta de...

Termina hoje (14) prazo para inscrição no Enem

Termina hoje (14) o prazo para inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os interessados devem acessar a Página do Participante e utilizar o cadastro...
-+=