Diversidade em Ciência trata da Lei 10.639 e da educação étnico-racial no Brasil

E para tanto convida a professora e educadora Maria Lúcia da Silva, que faz reflexões importantes sobre o tema

Do Jornal USP

No Diversidade em Ciência, Ricardo Alexino Ferreira entrevista a professora, doutora em Educação, Maria Lúcia da Silva, do Programa Observatório da Educação da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e também coordenadora do Núcleo de Estudos Étnico-Raciais do conjunto de faculdades FMU/FIAM/FAAM. Durante a entrevista, Maria Lúcia faz reflexões sobre a Lei 10.639, que determina o ensino da história e culturas africanas e afro-brasileiras nos currículos escolares, e demonstra preocupação com o conservadorismo político do atual governo em relação à educação. “Com o retrocesso político, a Lei 10.639 corre riscos e por isso precisamos ficar vigilantes para que os direitos adquiridos e as questões étnico-raciais não sejam destruídas”, afirma.

Maria Lúcia da Silva – Foto: Ricardo Alexino Ferreira

Ela também fala sobre  sua pesquisa de doutorado, Memória dos Professores Negros e Negras da Unilab: tecendo saberes e práxis antirracista”, sobre a criação da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), instituição pública criada em 2011 e considerada um projeto pioneiro, que integra e forma estudantes dos países africanos de língua portuguesa e sua interseção com o Brasil.

Diversidade em Ciência é um programa de divulgação científica voltado para as ciências da diversidade e os direitos humanos e vai ao ar toda segunda-feira, às 13 horas, sendo reapresentado às terças-feiras, às duas horas da manhã e aos sábados, às 14 horas, com direção e apresentação do jornalista, professor da USP e membro da Comissão de Direitos Humanos da Reitoria da USP,  Ricardo Alexino Ferreira, com operação de áudio de João Carlos Megale.

Diversidade em Ciência é gravado nos estúdios do Departamento de Comunicações e Artes/Educomunicação, da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).

OUÇA A ENTREVISTA

+ sobre o tema

O racismo como polêmica escolar

ERICA BARBOSA BAIA FERNANDA MARQUES DE ALMEIDAROSIANE MACHADO...

MEC cria ‘Enem’ para professores

Primeira prova deverá ser realizada em 2011. Participação de...

Núcleo da UNEB oferece curso sobre história e culturas africanas e afro-brasileira

O Núcleo de Estudos Africanos e Afro-brasileiros em...

Estudantes negros são menos de 10% nas universidades federais

Em 2003, pesquisa mostrava que taxa não chegava a...

para lembrar

Fuvest 2011 tem mais inscritos do que ano anterior

Ao todo, 132.969 pessoas se candidataram às 10.752 vagas...

ENEM: OAB orienta candidatos do Enem a procurar MP e não descarta pedir anulação

Os candidatos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio...

Faltam professores qualificados no ensino médio

Por: Cinthia Rodrigues Docentes desta etapa lidam com várias...
spot_imgspot_img

Ser menina na escola: estamos atentos às violências de gênero?

Apesar de toda a luta feminista, leis de proteção às mulheres, divulgação de livros, sites, materiais sobre a valorização do feminino, ainda há muito...

Como a educação antirracista contribui para o entendimento do que é Racismo Ambiental

Nas duas cidades mais populosas do Brasil, Rio de Janeiro e São Paulo, o primeiro mês do ano ficou marcado pelas tragédias causadas pelas...

SISU: selecionados têm até quarta-feira para fazer matrícula

Estudantes selecionados na primeira chamada do processo seletivo de 2024 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) têm até quarta-feira (7) para fazer a matrícula...
-+=