Divulgação de cursos gratuitos do Núcleo Cultural do Embu

O Núcleo de Hip Hop Zumaluma foi fundado em 1998 na Favela do Inferninho no bairro do Jardim Santa Tereza na periferia do município de Embu das Artes em São Paulo pelo militante da cultura hip-hop Kaab Al Qadir ( ex mc dos grupos Tribunal Negro e Organização Xiita ) contando com apoio de diversos membros da comunidade local.

Enviado para o Portal Geledés via Guest Post 

O nome Zumaluma faz referência a Zumbi, Malcom X, Lutherking e Mandela e no decorrer dos anos ofereceu diversas atividades como oficinas, ações sociais, debates sobre o genocídio da juventude negra entre outros assuntos, eventos gratuitos envolvendo os 4 elementos do hip-hop, sarau com samba, cursos de fotografia, violino, percussão, ragga, oficina de turbante entre muitas outras iniciativas.

Agora o núcleo divulga seu calendário de oficinas que acontecerão durante o ano de 2015, as inscrições estão abertas e todos os cursos são gratuitos.
Todas quarta feira a partir das 19horas ocorre o Sarau Samba Original com samba e poesia.
Além de novidades como a oficina de curso de informática entre outros eventos que acontecerão durante o ano.

Segue informações das oficinas Zumaluma 2015  a partir da primeira semana de março:

 

Canto/Coral
Prof Neemias (quinta feira)
Das 17hs as 18 hs

Cavaquinho (dia a definir)
Prof Jonatas Petróleo
Das 18hs as 19hs
Das 19hs as 20hs
Das 20hs as 21hs

Violão Prof Filmar (terça feira) Das 18hs as 19hs Violão Prof Rogerio (quarta feira) Das 13hs as 14hs

Percussão Prof William Fialho (quarta feira) Das 16hs as 17hs

Fotografia
Prof Jhonny (sábado)
Das 14hs as 15hs

Violino
Prof Lucas (sábado)
Das 09hs as 10hs

Grafitti
Prof Tico (sábado)
Das 11hs as 12hs

Breaking
Prof Coquinho / Enok
Sábados (horário a definir)

Ragga
Prof Nice (segunda feira)
Das 19hs as 20hs
Ragga
Prof Nina (sexta feira)
Das 14hs as 15hs

Capoeira Angola
Prof Batata (sábado)
Das 15hs as 16hs

Capoeira Regional
Prof Faísca (terça feira)
Das 17h30 as 18h30

Áudio Visual
Prof Edy Ricardo
(Dia e horário a definir)

As datas são sujeitas a alterações, mas a princípio essas são as oficinas que terão início a partir de março.

Informações 011 45538928
Facebook https://www.facebook.com/zumaluma.existencia?fref=ts
Endereço: Avenida Cerqueira Cesar 702 – Jardim Santa Tereza – Embu das Artes – SP
Conheça a história do Nucleo de Hip Hop Zumaluma http://www.zumaluma.org/historiazuma.htm

+ sobre o tema

Exposição revela vida dos negros em bairro de Nova York nos anos 1970

No início de 1969, David Smikle, um estudante negro...

Zoe Saldana, atriz de ‘Avatar’, é Nina Simone em 1º trailer de filme polêmico

Após o Netflix lançar o documentário "What happened, Miss...

Museu da Harley Davidson comemora mês da História Negra com exposição especial

por Fabiana Alves Em comemoração ao Mês da História Negra...

‘Mama África’: congolesa guia tour pela SP dos novos imigrantes africanos

Quem costuma andar pelo centro de São Paulo deve...

para lembrar

Tempo em Curso

Fonte: LAESER - por: Marcelo Paixão - A partir...

José Sabóia

José Sabóia do Nascimento (Almadina BA 1949) {gallery}artes/saboia{/gallery}...

Grande público debate o ano internacional do afrodescendente na sede da OAB/RS

  Debate, que foi realizado pela Comissão de Direitos Humanos,...
spot_imgspot_img

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...
-+=