‘Esta preta foi de boa para melhor’ Mulheres moçambicanas ofendidas com publicidade a cerveja

Cartazes mostram uns quadris de uma mulher negra, com o slogan «Esta preta foi de boa para melhor»

Os cartazes servem para assinalar o lançamento no mercado da nova garrafa da cerveja Laurentina. Mostram uns quadris femininos, de uma mulher negra, com o slogan «Esta preta foi de boa para melhor». E rematam: «Agora com uma garrafa mais sexy».

A polémica instalou-se em Moçambique por causa desta campanha publicitária, que as moçambicanas consideram insultuosa. Organizações femininas de Moçambique ameaçam «usar todos os meios» para retirar das ruas os cartazes que promovem uma nova garrafa.

«Vamos usar todos os meios para que os cartazes que foram colocados em Maputo ou nas províncias sejam retirados porque são um insulto», disse à Lusa Maira Domingos, do Forum Mulher, que agrupa mais de 80 organizações femininas no país.

Fonte: TVI 24

+ sobre o tema

Cientistas mulheres postam fotos ‘sexy’ após comentário machista de Prêmio Nobel

Mulheres cientistas decidiram usar as redes sociais para ironizar...

Delegado libera homem que queimou rosto da esposa: “legítima defesa”

Delegado libera homem que queimou rosto da esposa com...

Brasil recebe 3 milhões de dólares do Fundo para a Igualdade de Gênero

Projeto "Mais Direitos e Mais Poder para as Mulheres...

para lembrar

Como palmiteiros nascem? Uma reflexão de quem sempre palmitou

A palmitagem existe. Eu sei que existe porque eu palmito. É...

A representação social da mulher negra nos programas de TV: do estereótipo à sexualização

Novembro Negro. Semana da Consciência Negra. Esse foi o...

Obra retrata princesa negra guerreira para ser referência na literatura

Livro de professora conta a história de Alafiá contra...
spot_imgspot_img

Instituto Mãe Hilda anuncia o lançamento do livro sobre a vida de matriarca do Ilê Aiyê

O livro sobre a vida da Ialorixá Hilda Jitolu, matriarca do primeiro bloco afro do Brasil, o Ilê Aiyê, e fundadora do terreiro Acé...

Centenário de Tia Tita é marcado pela ancestralidade e louvado no quilombo

Tenho certeza que muitos aqui não conhecem dona Maria Gregória Ventura, também conhecida por Tia Tita. Não culpo ninguém por isso. Tia Tita é...

Julho das Pretas: celebração e resistência

As mulheres negras brasileiras têm mais avanços a celebrar ou desafios para travar? 25 de julho é o Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-americana e...
-+=