Estatuto Racial: Comunidade negra não teve forças para aprovar texto melhor

Frei David Raimundo dos Santos


Dedicado, há três décadas, à defesa dos direitos dos negros na sociedade brasileira, frei David Raimundo dos Santos, da ONG Educafro, não se animou com a nova lei. Entende, apenas, que “a conjuntura de forças políticas que a comunidade negra reuniu não foi suficiente” para aprovar um texto melhor.

 

O senhor gostou do estatuto?

Acho que o texto final, alterado pelo senador Demóstenes Torres, tem uma visão equivocada da sociedade brasileira. Vai até contra posições da Febraban, que no ano passado aprovou um plano de valorização e inclusão da comunidade negra do País. Imagino que nossos irmãos negros no Congresso, como o senador Paulo Paim e o deputado Elói Ferreira de Araújo, votaram com a faca no pescoço. Achando melhor ter um pássaro na mão do que 100 voando. Nem sempre isso funciona…

 

Então o estatuto não lhe parece um progresso?

O Senado acordou ontem com três possibilidades. Votar o texto original, de 2004, votar o texto alterado pela Câmara em 2009 ou a versão do senador Demóstenes Torres, do DEM. No fim, era esse texto ou esperar mais 10, 20 anos…
O que está errado no texto?

É ingenuidade achar que todos somos iguais. Ou que o despertar do povo negro é perigoso. Ora, a Educafro já conseguiu que várias faculdades adotassem cotas para negros. E em nenhuma houve conflito nenhum.

Fonte: Estadão

+ sobre o tema

Provas do Enem 2024 serão em 3 e 10 de novembro; confira o cronograma

O cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)...

Da proteção à criação: os pós-docs negros da USP nas fronteiras da inovação

Desenvolvimento de produtos, novas tecnologias para a geração de...

Programa Erasmus oferece bolsas integrais na Europa

O Erasmus, programa promovido pela União Europeia para fomento a...

para lembrar

Quebrar o silêncio é primeira arma contra o bullying

“Eu tirei a maior nota da classe e alguns...

Governo suspende novas vagas do Pronatec, ProUni e Fies

Brasília - Uma das vitrines da área social da...

Escola paraibana é premiada por valorizar a cultura africana Paraíba

Escola paraibana é premiada por valorizar a cultura africana...
spot_imgspot_img

Taxa de alfabetização chega a 93% da população brasileira, revela IBGE

No Brasil, das 163 milhões de pessoas com idade igual ou superior a 15 anos, 151,5 milhões sabem ler e escrever ao menos um...

Provas do Enem 2024 serão em 3 e 10 de novembro; confira o cronograma

O cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 foi divulgado nesta segunda-feira (13). As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10...

Da proteção à criação: os pós-docs negros da USP nas fronteiras da inovação

Desenvolvimento de produtos, novas tecnologias para a geração de energia, manejo ecologicamente correto na agricultura e prevenção à violência entre jovens nativos digitais. Essas...
-+=