terça-feira, setembro 27, 2022
InícioQuestão RacialCasos de RacismoEUA: Zimmerman detido e acusado de homicídio de Trayvon Martin

EUA: Zimmerman detido e acusado de homicídio de Trayvon Martin

Homem que diz ter agido em legítima de defesa quando disparou contra um jovem negro desarmado, na Flórida

George Zimmerman foi detido e acusado de homicídio em segundo grau, pela morte do jovem negro Trayvon Martin, em Stanford, no estado norte-americano da Flórida. O caso, que tem gerado polémica nos EUA, devido às caraterísticas raciais que o envolvem, começou quando Zimmerman, de 28 anos, disparou durante uma patrulha de vigilantes de bairro contra Martin, um adolescente de 17 anos, que estava desarmado.

Esta quarta-feira, a procuradora Angela Corey explicou que Zimmerman se entregou às autoridades, tendo sido detido. O norte-americano disse ter agido em legítima defesa durante a confrontação com a vítima, a 26 de Fevereiro.

Na altura, a polícia não deteve o suspeito, justificando a decisão com uma lei da Flórida que permite o uso de força letal por alguém que se sinta em perigo de vida ou de sofrer ferimentos graves.

O caso mediatizou-se depois dos pais de Martin e os seus advogados terem apelado publicamente à detenção de Zimmerman, o que levou a que algumas figuras públicas se manifestassem também publicamente sobre o caso.

O próprio presidente dos EUA, Barack Obama, chegou a comentar o incidente, com uma frase que colocava o dedo no facto da vítima ser negra: «Se eu tivesse um filho, ele seria parecido com Trayon».

Depois do incidente, Zimmerman tem-se mantido à margem de qualquer mediatismo. Os seus familiares e defensores garantem que não é racista, que está a ser injuntamente retratado pelos media e que se limitou a defender a sua vida no confronto com Trayon Martin.

Fonte: TVI 24h

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench