Everton Lopes vence e conquista o ouro inédito no Mundial de Boxe

Ex-lavador de carros e peão de obra, brasileiro derrota ucraniano e faz história ao garantir o primeiro lugar no pódio na categoria meio-médio-ligeiro

Na melhor luta do dia no Mundial de Boxe, em Baku, no Azerbaijão, o brasileiro Everton Lopes bateu o ucraniano Denys Berinchyk e conquistou uma medalha inédita para o país no boxe olímpico. O baiano ficou com o ouro na categoria meio-médio-ligeiro, até 64kg, ao vencer por 26 a 23. Com 22 anos, o ex-lavador de carros e peão de obra declarou que se preparou muito bem para esta luta.

– Graças a Deus. Me sinto muito feliz. É um oponente muito forte, eu sabia que ele vinha para dentro e usei uma estratégia para manter a luta no corpo a corpo e vencer – afirmou após o confronto.

Lutando de azul e bom nos contra-golpes, o baiano começou controlando as ações do adversário e terminou o primeiro assalto com 8 a 3. A segunda parte foi mais agitada, nervosa, com dois lutadores partindo para uma trocação franca. O ucraniano venceu o assalto, mas o brasileiro continuou na frente com 16 a 12.

Na última etapa, Everton conseguiu encaixar uma boa sequência de golpes, mas recebeu uma punição dos juízes. Mesmo perdendo os dois assaltos finais, a grande diferença de pontuação na primeira parte foi fundamental para que o brasileiro ficasse com o ouro.

Procurado pelo GLOBOESPORTE.COM para comentar a conquista, o presidente da Confederação Brasileira de Boxe, Mauro José da Silva ficou surpreso com a informação da vitória de Everton. Ele explicou que não consegue acompanhar as lutas por conta do nervosismo e que, quando está no ginásio, prefere sair e saber do resultado depois.

Everton acerta um golpe no ucraniano durante a luta

final (Foto: Reuters)

– Ele ganhou? Você que está me informando isso. Não tenho calma o suficiente para assistir essas lutas, prefiro esperar que alguém me diga o resultado. A minha pressão fica muito alta – contou o presidente, que fez questão de elogiar Everton – É o melhor atleta do boxe olímpico e talvez até de todos os tempos. Com essa vitória, colocamos o Brasil no cenário mundial. Com muito respeito, por causa da qualidade do grupo todo. Ele merece estar em destaque em todos os jornais do mundo porque é campeão mundial – exaltou.

A única medalha brasileira em um Mundial de boxe havia sido conquistada por José Rodrigues em 1986. O lutador chegou à semfinal da competição disputada nos Estados Unidos, mas foi derrotado pelo cubano Juan Torres Odelin na categoria até 48 kg.

Lutador contra a vontade dos pais

Medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos do Rio-2007 e destaque nos Jogos Mundiais Militares, Everton por pouco não seguiu o caminho do futebol. Aos 11 anos, ele chegou a receber proposta do Santos, mas era muito novo para sair de casa. Mais velho, influenciado pelo lutador Washington Silva resolveu mudar de esporte, para desespero dos pais. Aos 19 anos, Everton foi campeão brasileiro, medalha de prata nos Jogos Sul-Americanos e oitavo lugar no Campeonato Mundial Juvenil (2006).

Fonte: Globo Esporte

+ sobre o tema

Yohan Blake, o homem mais rápido do mundo. Entre os mortais

Caro(a) leitor (a), não estranhe o título do...

Conheça o cantor Michael Kiwanuka

Filho de Ugandenses o britânico Michael Kiwanuka ficou...

A inserção do negro no futebol brasileiro

Considerado esporte de elite em seus primórdios, o futebol...

para lembrar

História do Jazz – Blues

    Confira esta vídeo:     Fonte: Youtube

Palmares 25 Anos: Atividade em Campinas/SP promove plantio de árvores sagradas

Homenagear os negros e negras que foram escravizados na...

Encontro de Culturas Populares termina domingo (6)

O encontro avalia as políticas públicas de cultura implantadas...
spot_imgspot_img

Rebeca Andrade lidera Brasil à prata por equipes no Pan-Americano

Rebeca Andrade estreou com uma medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos. Neste domingo, a campeã olímpica liderou o Brasil ao pódio por equipes em...

Queniano Kelvin Kiptum quebra recorde da maratona em Chicago

O corredor queniano Kelvin Kiptum venceu a Maratona de Chicago, na manhã deste domingo (8), completando o percurso de 42,195 quilômetros pela cidade americana em duas...

Ouro para o Brasil: Rebeca Andrade é bicampeã no salto no Mundial de Ginástica

Rebeca Andrade conquistou, neste sábado, a medalha de ouro no Mundial de Ginástica no salto. A brasileira, atual campeã olímpica, superou a norte-americana Simone Biles, que...
-+=