Fariña diz que quer receber o prêmio da UE pessoalmente

HAVANA – O opositor cubano Guillermo Fariñas disse que espera viajar em dezembro para receber pessoalmente o Prêmio Sakharov para a Liberdade de Pensamento, concedido pelo Parlamento Europeu, sem descartar fazer uma nova greve de fome caso o governo impeça sua saída. 

“Quero recebê-lo. Veremos se me deixam fazê-lo”, expôs o dissidente, referindo-se a uma possível proibição de saída do país da parte das autoridades cubanas. A nomeação do jornalista e psicólogo para a distinção foi anunciada nesta quinta-feira (21).

Consultado pela ANSA se estaria disposto a declarar um novo jejum frente a uma negativa à viagem, Fariñas reiterou seu desejo de viajar. “Primeiro veremos o que diz o governo” antes de tomar uma decisão sobre eventuais medidas a serem adotadas. 

Em declarações feitas por telefone de sua casa em Santa Clara, o opositor, de 48 anos, afirmou que ainda não está bem de saúde, a qual foi muito afetada durante os 135 dias de greve de fome entre fevereiro e julho. “Tenho ainda a barriga inflamada”, expôs ele. 

O cubano disse que recebeu a notícia da outorga do prêmio em sua casa. “Acredito que é um reconhecimento àqueles que são rebeldes e é uma mensagem clara ao governo de que libertar alguns presos não é suficiente”, assinalou. 

Fariñas abandonou seu protesto quando as autoridades da ilha anunciaram, por intermédio da Igreja Católica, a libertação de 52 presos que a oposição considera políticos e que foram julgados e condenados em 2003 por crimes de “mercenarismo a favor dos Estados Unidos”. 

Ele disse não saber se a entrega da distinção tem relação com a discussão da União Europeia (UE) sobre a manutenção da Posição Comum em relação a Cuba, que condiciona as relações bilaterais ao respeito aos direitos humanos. “Mas espero que ratifiquem essa posição”, declarou. 

“Este [prêmio] significa que os governos democráticos e civilizados em qualquer parte do mundo, neste caso os europeus, mantêm o olho fixo na situação de Cuba”, comentou Fariñas. “Ainda estão insatisfeitos”, acrescentou. 

O presidente do Parlamento Europeu, o polonês Jerzy Buzek, disse em Estrasburgo hoje que quer “entregar em pessoa” o prêmio ao cubano e pediu que as integrantes do grupo opositor Damas de Branco “o acompanhem”.

Fonte: DCI

+ sobre o tema

Ronaldinho Gaúcho vira tema de desenho animado

Inspirado no famoso jogador de futebol, personagem sonha em...

Encontro reúne mais de 100 líderes quilombolas

Um dia todo dedicado às questões e causas relacionadas...

26 coisas que a juventude de hoje precisa saber sobre Missy Elliott

1. Queridas crianças ignorantes, sentem-se. Eu tenho uma história...

para lembrar

Bijagós: sociedade matriarcal?

Conhecida por sua lealdade, gentileza, honestidade, respeito pelo outro...

Brasileiros protestam em Paris contra prisão de manifestantes em São Paulo

  Além de manifestarem contra o governador Geraldo Alckminm, estudantes...

São Paulo Fashion Week cumpre acordo e abre espaço a modelos afrodescendentes

 São Paulo – Prestes a completar 15 anos, a...

Parem de criticar a Geração Tombamento

"A noite tá perfeita eu saio ''cas'' amiga loca Joias,...
spot_imgspot_img

Sambista ligada ao rap, Leci Brandão rebate críticas de Ed Motta: ‘Elitista’

Leci Brandão, 79, rebateu com estilo as recentes declarações de Ed Motta, que chamou de "burros" os fãs de hip hop, "sem exceção". Sem citar...

Jordan Peele faz anúncio misterioso nas redes sociais

Jordan Peele tem planos para outubro. Ele publicou uma foto com a data de 23 de outubro deste ano em fundo preto e não acrescentou...

Jay-Z e Alicia Keys apresentam ‘Empire State of Mind’ no Tony Awards de 2024

Jay-Ze Alicia Keys se uniram para apresentar o sucesso “Empire State of Mind” ao vivo no na cerimônia de premiação de 2024 do Tony Awards no último domingo,...
-+=