Fernando Henrique Cardoso vê ‘recalque’ de quem cobra hospital público para Lula

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso condenou as manifestações de internautas em redes sociais sugerindo que o ex-presidente Lula fizesse seu tratamento contra o câncer em hospitais públicos. “Acho que isso é uma espécie de recalque, eu não endosso isso”, disse. “É um equívoco, não tenho visto (as manifestações, mas acho um equívoco. Vida humana, saúde, não! Que é isso?”, completou o ex-presidente, após palestra do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cezar Peluso. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Para Fernando Henrique, questões de saúde no País não devem ser relacionadas ao tratamento feito por Lula. O ex-presidente ainda lembrou-se dos tempos em que conviveu com Lula na campanha Diretas Já. Apesar das divergências, Fernando Henrique afirmou que este é um momento de solidariedade.

Fonte: Terra

+ sobre o tema

O Estado emerge

Mais uma vez, em quatro anos, a relevância do...

Extremo climático no Brasil joga luz sobre anomalias no planeta, diz ONU

As inundações no Rio Grande do Sul são um...

IR 2024: a um mês do prazo final, mais da metade ainda não entregou a declaração

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda...

Mulheres em cargos de liderança ganham 78% do salário dos homens na mesma função

As mulheres ainda são minoria nos cargos de liderança...

para lembrar

O nascimento da economia solidária mundial

Meados do ano de 2032. Algum lugar no Brasil,...

Serra mantém vantagem sobre Dilma no eleitorado da região Sul, diz CNT/Sensus

Por: MÁRCIO FALCÃO O detalhamento da pesquisa CNT/Sensus divulgada...

No Amapá, a única deputada opositora à verba indenizatória de R$ 100 mil pode perder o cargo

Cristina Almeida (PSB) tem um projeto para reduzir o...

O voo alto de ‘Besouro’ pelo cinema

Fonte: O Dia- Filme sobre o capoeirista baiano faz...

‘O 25 de abril começou em África’

No cinquentenário da Revolução dos Cravos, é importante destacar as raízes africanas do movimento que culminou na queda da ditadura em Portugal. O 25 de abril...

IBGE: número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave em SP cresce 37% em 5 anos e passa de 500 mil famílias

O número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave no estado de São Paulo aumentou 37% em cinco anos, segundo dados do Instituto...

Fome extrema aumenta, e mundo fracassa em erradicar crise até 2030

Com 281,6 milhões de pessoas sobrevivendo em uma situação de desnutrição aguda, a ONU alerta que o mundo dificilmente atingirá a meta estabelecida no...
-+=