Financial Times: corrupção no Brasil inclui PSDB

Reportagem do jornal britânico Financial Times afirma que a corrupção não pode ser atribuída somente ao PT, mas é um desafio de todo o País; na matéria é citado o suposto esquema de corrupção na compra de trens envolvendo governos tucanos de São Paulo; segundo o veículo, isso “constrange o PSDB, que governa o Estado de São Paulo há 20 anos”; o texto diz que a legenda tucana também está “na berlinda”

No Brasil 247

Uma reportagem do jornal britânico Financial Times publicada nesta segunda-feira (29) afirma que a corrupção não pode ser atribuída somente ao PT, mas é um desafio de todo o País. Na matéria é citado o suposto esquema de corrupção na compra de trens envolvendo governos tucanos de São Paulo. Segundo o veículo, isso “constrange o PSDB, que governa o Estado de São Paulo há 20 anos”. O texto diz que a legenda tucana também está “na berlinda”.

O jornal lembra que, ao publicar reportagens referentes ao Brasil, a imprensa internacional tem dedicado espaço ao esquema de corrupção na Petrobras, o que atinge, principalmente, os partidos da base aliada do governo federal.

“Mas, ainda que receba menos atenção, outro escândalo de longa data envolvendo o sistema ferroviário suburbano de São Paulo também está chegando a um ponto crítico”, diz o jornal.

Conforme a reportagem, a polícia já indiciou 33 pessoas e congelou mais de R$ 600 milhões em ativos de várias empresas do setor ferroviário – entre elas a alemã Siemens e a francesa Alstom – que têm negócios com o Metrô de São Paulo e a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Uma das principais lideranças do PSDB em nível nacional, o paulista José Aníbal poderia ter ligação com o esquema, diz a reportagem. O processo está na Justiça.

“A suposta manipulação das propostas para construção de linhas do Metrô de São Paulo e da CPTM são um embaraço para o PSDB, cujo candidato, Aécio Neves, esteve perto de vencer as eleições contra Dilma Rousseff em outubro”.

Segundo FT, “o escândalo ferroviário de São Paulo, que poderia se estender por 15 anos de governos do PSDB entre 1998 e 2013, mostra que a corrupção nos contratos públicos é um problema brasileiro, e não um desafio de apenas de um único partido”.

+ sobre o tema

Marieta Severo fala de papel na novela, racismo e dos ataques que sua família recebe nas redes

Atriz cita retrocessos na sociedade, celebra ressurgimento do feminismo...

DEM: Candidato de R$ 92 mi está preso por estelionato

Por: BRENO COSTA Selmo dos Santos (DEM-SP), dono declarado...

Moisés Mendes: racismo e apatia no metrô de Paris

Por que as pessoas ficaram passivas, enquanto os ingleses...

Lula chega a 47% na Vox Populi; maioria considera prisão injusta

“A prisão de Lula, da forma como ocorreu, parece...

para lembrar

Brasileiro é contra corrupção, mas maioria admite obter vantagens de modo ilegal

Sete em cada dez pessoas admitem já ter cometido...

“A minha luta contra corrupção se encerra”, diz Protógenes Queiroz

Por: Patricia Faermann Depois do desfecho nas intenções de voltar...

Achar que a reforma política acabará com a corrupção é ilusão, diz Jânio

"Atribuir à reforma do sistema político a maneira de...

Ampliando a Agenda: Por Helio Santos

Estão marcados para o próximo dia 12 (domingo que...

A democracia corroída por dentro

Está evidente que a democracia é um regime político que pode ser corroído por dentro.A celeridade no avanço da chamada minirreforma eleitoral é um exemplo. Numa...

TRE-MT cassa Selma Arruda e suplente por caixa 2 e abuso de poder econômico e determina nova eleição

Senadora do PSL omitiu o correspondente a 72% das despesas de campanha. Ela foi a mais votada para o cargo na eleição passada. Por Pollyana...

Foi-se o tempo

A sociedade brasileira há de cobrar do setor privado a faxina que exige de instituições e figuras públicas Por Flavia Oliveira Do O Globo O adiantado estado...
-+=