França acolhe exposição dedicada à editora Présence africaine

Fonte: Angola Press –

 

Paris – A exposição consagrada à Editora “Présence africaine”, criada pelo escritor e homem de cultura senegalês Alioune Diop, iniciou-se segunda-feira à noite no Museu do Quai Branly, em Paris, na presença da sua viúva, Yandé Christiane Diop, constatou a PANA no local.

 

Denominada “Presença Africana, uma Tribuna, um Movimento, uma Rede”, a exposição relata 50 anos da história literária e cultural afroantilhana, da criação da revista “Présence africaine” em 1947 até agora, passando pela mutação desta para Editora em 1949.

 

“Um dos desafios desta exposição é precisamente lembrar ao público que, nos anos 60, foi criado um corpo de textos de literatura africana e antilhana graças à Présence africaine. A revista, depois Editora, foi um local que dava voz aos intelectuais negros”, declarou à PANA a comissária desta exposição, Sarah Frioux-Salgas.

 

A exposição, que durará até 31 de Janeiro de 2010, apresenta ao público obras publicadas em Présence africaine por célebres escritores negros, fotografias e testemunhos sonoros de contemporâneos de Alioune Diop ainda vivos.

 

Os visitantes poderão, por outro lado, acompanhar uma curta metragem realizada durante o primeiro Festival Mundial das Artes Negras (FESMAN) organizado em 1966 em Dakar, no Senegal.

 

“Parece-nos essencial sublinhar o papel importante desempenhado nesta época por Alioune Diop que era relativamente pouco conhecido do grande público em relação aos seus ilustres companheiros como Césaire, Senghor ou Damas”, acrescentou a comissária da exposição.

 

Instalada há 50 anos no mesmo endereço, na quinta autarquia de Paris, Présence africaine prossegue as suas actividades editoras, apesar da morosidade que afecta todo o sector em França.

Matéria original

+ sobre o tema

Diálogo entre enfermeira e movimento de mulheres negras: direitos sexuais e reprodutivos

Programação e Inscrição Grátis (vagas limitadas) em: https://doity.com.br/dialogo-entre-enfermeira-e-movimento-de-mulheres-negras-sobre-direitos-sexuais-e-reprodutivos-/ Os dados sociais...

Livro reúne histórias de crianças presas, torturadas ou exiladas durante a ditadura no Brasil

Organizado pela Comissão da Verdade de São Paulo, volume...

MP diz que ‘nome sujo’ não pode barrar contratação de empregado

Fonte: G1 -   Quem se sentir prejudicado pode...

para lembrar

Inscrições para pesquisa com foco em doenças que acometem população negra estão abertas

As inscrições para pesquisa de soluções para as doenças...

11 maneiras de cuidar da saúde mental em tempos de notícias difíceis

Você não está sozinho quando se sente atingido por...

6 policiais são presos por colocar fogo em morador de rua em São Paulo

Seis policiais militares (PMs) do 36º BPM (Taboão da...
spot_imgspot_img

Levantamento aponta crescimento da população de rua em São Paulo

Levantamento do Observatório Brasileiro de Políticas Públicas com a População em Situação de Rua revela aumento do número de pessoas vivendo nestas condições na...

Proposta de Geledés para empoderamento da mulher negra é retomada na ONU

Geledés - Instituto da Mulher Negra, em fala conjunta com as organizações Coalizão Negra por Direitos, Criola e Coletivo Danêji, conseguiu obter bons resultados...

SP inicia campanha de vacinação contra paralisia infantil na segunda

A partir da próxima segunda-feira (27) crianças até cinco anos de idade começam a ser vacinadas contra a Poliomielite (paralisia infantil) no estado de...
-+=