França: cresce o número de canais étnicos de TV

Fonte: Chico Sant`Anna

 

Informa o jornal Le Monde, de 13/07/09 que o mercado para canais de televisão classificados como étnicos começa a crescer na França. Os canais especializados são disponibilizados em sistema fechado de transmissão (cabo, satélite e digital terrestre) e dentre estes se destacam os provedores Bouquet Grande Muraille e Trace TV. Estes pacotes são destinados aos imigrantes. A idéia surgiu, inicialmente, por três comerciantes de origem chinesa, os irmãos Tang, especializados em importação e exportação, que passaram a oferecer um pacote de programação voltado à comunidade chinesa na França, denominado a Grande Muraille.

Posteriormente surgiu um canal voltado aos migrantes africanos francófonos. O pacote reúne os conteúdos de canais públicos e privados do Senegal, da Costa do Marfim, de Camarões, de Burkina Faso, do Mali e do Congo-Brazzaville.

O pacote africano, seis meses após o lançamento, já contabilizava 15 000 assinantes e a perspectiva é que até o fim do ano serão 20 000.

A Grande Muralha, por sua vez, deve contabilizar em dezembro 50 000 assinantes. Ao todo, os canais étnicos já reúnem 200 000 assinantes, segundo os operadores do ramo, gerando uma receita de 20 milhões de euros, cerca de 60 milhões de reais, por ano. O segmento é visto como o novo filão tanto que já começa a ser operado uma canal para os latino-americanos, antilhanos e africanos, denominado Trace Tropical.

Mais detalhes em francês, sobre a reportagem de Guy Dutheil, no Le Monde, clique aqui

 

Matéria original: França: cresce o número de canais étnicos de TV

+ sobre o tema

Ministério Público vai investigar atos de racismo em escola do DF

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT)...

Desigualdade ambiental em São Paulo: direito ao verde não é para todos

O novo Mapa da Desigualdade de São Paulo faz...

Nath Finanças entra para lista dos 100 afrodescendentes mais influentes do mundo

A empresária e influencer Nathalia Rodrigues de Oliveira, a...

Ministério da Igualdade Racial lidera ações do governo brasileiro no Fórum Permanente de Afrodescendentes da ONU

Ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, está na 3a sessão do...

para lembrar

Mackenzie expulsa estudante que gravou vídeo armado e ameaçou matar negros

Pedro Baleotti, eleitor de Jair Bolsonaro, divulgou um vídeo...

Urban Outfitters é acusada de racismo

Mais uma da Urban Outfitters! Depois de ser processada...

Shopping de área nobre de SP quer apreender crianças de rua e entregar para PM

Estabelecimento no bairro de Higienópolis, uma das regiões mais...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=