Governo de SP rejeita 5 livros didáticos por inadequação

SÃO PAULO – Cinco livros do Programa Ler e Escrever foram considerados inadequados pelo governo do Estado de São Paulo para as salas de aula do ensino fundamental. A avaliação foi feita por uma comissão criada pela Secretaria de Estado da Educação para revisar os 817 títulos que compunham a lista de livros que serão utilizados em atividades de apoio nas salas de aula. A lista divulgada pela secretaria não faz referência ao primeiro livro apontado como inadequado à faixa etária a que se dirigia, o “Dez na Área, Um na Banheira e Ninguém no Gol”, indicado para a 3ª série e que contém palavrões, frases de duplo sentido, expressões sexuais.

Fonte: Estado São Paulo –

Foto: Fernanda Vilela/G1

Contudo, a lista inclui o segundo livro cujo conteúdo foi questionado na quinta-feira, “Poesia do Dia – Poetas de Hoje para Leitores de Agora”. Segundo nota divulgada pela secretaria, serão recolhidos imediatamente os livros inadequados que já foram distribuídos às escolas. Uma sindicância está apurando as responsabilidades pelos erros no processo de seleção e compra dos títulos. Os livros considerados inadequados são: “Um Campeonato de Piadas”, de Laerte Sarrumor e Guca Domenico, da editora Nova Alexandria, por conteúdo preconceituoso; “Poesia do Dia – Poetas de Hoje para Leitores de Agora”, de Alberto Pucheu, André Dick, Bruna Beber, Danilo Monteiro, Diego Vinhas, Elisa Andrade Buzzo, Fabrício Carpinejar, Fabrício Corsaletti, Joca Reiners Terron, Marcelo Camelo, Mário Bortolotto, Paulo Scott, Paulo Seben e Rodrigo Petronio, da editora Ática, por inadequação para a faixa etária; e “O Triste Fim do Menino Ostra e Outras Histórias”, de Tim Burton, da editora Girafinha, por inadequação para a faixa etária.

 

Também entraram na lista de inadequados os livros “Memórias Inventadas – A Infância”, de Manoel de Barros, da editora Planeta, das salas do Programa de Recuperação Intensiva da quarta série, por inadequação para a faixa etária; e “Manual de Desculpas Esfarrapadas: casos de humor”, de Leo Cunha, editora FTD, por inadequação para a faixa etária do Programa de Recuperação Intensiva da quarta série. A secretaria informou ainda que na quarta-feira será inaugurada no Salão Nobre da Secretaria de Estado da Educação a mostra “Ler e Escrever – Acelerando o Aprendizado das Crianças”, com os 812 livros da coleção Ler e Escrever.

+ sobre o tema

Bolsista do ProUni convida Lula para festa de formatura

A estudante de jornalismo Rita Correa Garrido, de 26...

UNEafro abre inscrições para cursinho

UNEafro abre inscrições para cursinho VAGAS ABERTAS 2017 Você quer ser...

Universitários brasileiros são brancos, moram com os pais e estudam pouco

Pesquisa traçou perfil do estudante que cursa os últimos...

Como a Academia se vale da pobreza, da opressão e da dor para sua masturbação intelectual

Texto originalmente publicado em RaceBaitR como “How Academia Uses...

para lembrar

Obra infanto-juvenil em inglês aborda preconceito racial

Lançamento do livro “The Black Butterfly” (A borboleta Preta), de...

Educação física, arte, sociologia e filosofia ficam no Ensino Médio

A Câmara dos Deputados decidiu incluir na reforma do...

Nova Zelândia oferece bolsas de estudo para brasileiros; veja como participar

Quem sempre teve o sonho de estudar no exterior,...

A crítica de Marcien Towa às doutrinas de identidade africana

O presente trabalho propõe tematizar a crítica que o...
spot_imgspot_img

Ser menina na escola: estamos atentos às violências de gênero?

Apesar de toda a luta feminista, leis de proteção às mulheres, divulgação de livros, sites, materiais sobre a valorização do feminino, ainda há muito...

Como a educação antirracista contribui para o entendimento do que é Racismo Ambiental

Nas duas cidades mais populosas do Brasil, Rio de Janeiro e São Paulo, o primeiro mês do ano ficou marcado pelas tragédias causadas pelas...

SISU: selecionados têm até quarta-feira para fazer matrícula

Estudantes selecionados na primeira chamada do processo seletivo de 2024 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) têm até quarta-feira (7) para fazer a matrícula...
-+=