Governo estende seguro desemprego para 216,5 mil trabalhadores

Fonte: Canal Rural

Gabriel Jabur/ Agência Brasília/Fotos Públicas

O governo vai ampliar o acesso a parcelas adicionais do seguro desemprego para mais de 216 mil trabalhadores demitidos nos últimos meses de dezembro e janeiro. A medida precisa ser aprovada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador.

O fechamento de vagas em vários setores da economia, provocado pela crise econômica, é a principal razão para o governo ampliar o acesso a mais duas parcelas adicionais do seguro desemprego. Em fevereiro, a medida atendeu mais de 103 mil pessoas. Mas o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, descarta a necessidade de novas ampliações.

– Dificilmente teremos essa necessidade porque o mercado já está mudando e estamos crescendo bem na geração de emprego. Não se pode comparar o ano de 2009, quando o mundo inteiro está demitindo, e achar que vamos ter o mesmo número de empregos de 2008. Eu acredito então que nós entramos em um eixo de crescimento forte que não necessitará mais recorrer a esse mecanismo de recuperação das perdas do salário do trabalhador – declarou o ministro.

O anúncio do governo é uma resposta às reivindicações dos representantes dos trabalhadores. Segundo Lupi, a meta é criar um milhão de empregos em 2009 e a previsão é que a taxa de desemprego, medida pelo IBGE, fique entre 8% e 8,5%, considerando um crescimento do PIB acima de 2%. O ministro discordou da preocupação com o desemprego, demonstrada pelo presidente do Banco Central, Henrique Meirelles.

– É uma questão de visão de avaliação. É claro que qualquer desemprego preocupa, do mesmo jeito que, para mim, por exemplo, preocupa a taxa Selic ser muito alta – completou.

Segundo os cálculos do Ministério do Trabalho, o governo deve desembolsar R$ 236,7 milhões para o pagamento das parcelas extras. Carlos Lupi garantiu que o caixa do Fundo de Amparo ao Trabalhador está positivo e que há recursos para garantir o gasto adicional.

Materia original: Governo estende seguro desemprego para 216,5 mil trabalhadores

+ sobre o tema

Paralegais: Câmara aprova profissão que não necessita exame da OAB

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara...

Mulher negra na informalidade ganha 57,6% menos que as demais

Nas microempresas, os rendimentos são um pouco mais equilibrados....

Site com vagas de empregos para negros é inaugurado em São Paulo

SP ganha site com vagas de emprego exclusivas para...

Inclusão Racial nas Empresas

Fonte: Instituto Ethos - O manual faz parte...

para lembrar

Marina mexe em mais um vespeiro popular: a CLT

Citando "o professor Gianetti", chefe de sua equipe econômica,...

Transexuais superam barreiras e conquistam lugar no mercado de trabalho

No início deste ano, Radija saiu de Araçuaí para...

Oportunidade de Trabalho – Lista

Supervisão de Depto. Pessoal. Empresa: DELL ...

Negros ainda estão longe do poder nas empresas

Fonte: SRZD -   Apesar de todos os...
spot_imgspot_img

Mulheres sofrem mais microagressões no ambiente de trabalho e têm aposentadorias menores

As desigualdades no mercado de trabalho evidenciam que as empresas têm um grande desafio pela frente relacionado à equidade de gênero. Um estudo recente da McKinsey...

Sem desigualdade de gênero, mundo poderia ter PIB ao menos 20% maior, diz Banco Mundial

O Produto Interno Bruto (PIB) global poderia aumentar em mais de 20% com políticas públicas que removessem as dificuldades impostas às mulheres no mercado...

Homens ocupam seis em cada dez cargos gerenciais, aponta IBGE

As mulheres são maioria entre os estudantes que estão em vias de concluir o ensino superior, no entanto são minoria em relação a posições...
-+=