Governo não permitirá que conquistas do povo nordestino se percam

A presidenta Dilma Rousseff disse nesta segunda, em edição especial do programa de rádio Café com a Presidenta, que seu governo não vai permitir que as conquistas acumuladas pelo povo nordestino se percam por conta da seca.

Para enfrentar os efeitos da estiagem que atinge a região Nordeste e o norte do estado de Minas Gerais, que estão enfrentando uma das piores secas das últimas décadas, o governo investiu R$ 2,7 bilhões em ações emergenciais para oferecer água, garantir a renda e dar crédito aos produtores da região. Segundo Dilma, o Nordeste está mais bem preparado para enfrentar essa estiagem do que esteve no passado.

– Nos últimos anos, a região recebeu grandes investimentos e muitas obras do governo federal e, também, do setor privado. É muito importante destacar o papel da rede de proteção social construída nos últimos anos. O Bolsa Família e a valorização do salário mínimo, por exemplo, garantiram uma grande melhoria de renda na região, protegendo as famílias mais pobres. Fizeram também a economia da região crescer muito, bem mais do que a média nacional – destacou a presidenta.

De acordo com Dilma, para garantir a distribuição de água, o governo federal contratou 3.360 caminhões-pipa e entregou 111 mil cisternas. Até o final do ano, serão entregues mais 200 mil cisternas em todo o semiárido.

Com o Bolsa Estiagem, que começará a ser pago a partir do próximo dia 18 de junho, 400 mil pequenos produtores rurais afetados pela seca serão beneficiados, como explicou a presidenta. A partir deste mês também começará a ser pago o Garantia-Safra. Serão cinco parcelas de R$ 136,00 para produtores que perderam a produção, ou nem conseguiram plantar por causa da seca.

– Pagar um benefício diretamente à população nos dá a certeza de que o dinheiro está chegando exatamente no bolso de quem precisa – disse.

Mais de um milhão de famílias extremamente pobres que vivem no Nordeste, com filhos de zero a seis anos, também começarão a receber, a partir deste mês, o benefício da ação Brasil Carinhoso. Será garantida renda de, no mínimo, R$ 70,00 por pessoa dessas famílias. E o crédito destinado pelo governo federal vai ajudar a proteger toda a economia da região, salientou a presidenta.

– Nós liberamos R$ 1 bilhão, que vão financiar os agricultores familiares, os criadores de gado e de cabras, mas também a indústria e o comércio de cada uma das cidades afetadas pela estiagem. Vamos injetar mais dinheiro na região para manter a roda da economia girando – disse.

 

Fonte: Correio do Brasil

+ sobre o tema

Salário menor na advocacia é mais frequente entre mulheres e negros

A proporção de advogados na menor faixa salarial da...

Lei que implantou escola cívico-militar em SP fere modelo educacional previsto na Constituição, diz PFDC

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), órgão...

Ação enviada ao STF pede inconstitucionalidade de escolas cívico-militares em SP

Promotores e defensores públicos encaminharam ao Supremo Tribunal Federal...

para lembrar

Requião defende Lula e ataca ‘alma escravocrata’ da elite e da imprensa

Em discurso na tribuna, senador do Paraná diz que...

Encontro marcado

O longaBirdman,dirigido pelo mexicano Alejandro González Iñárritu, levou 4...

Turistas brasileiros que estavam isolados no Peru chegam ao Rio

Avião da FAB com 62 turistas que ficaram ilhados...

Brasil de Carne e Osso

Os 8.515.767,049 quilômetros quadrados do território brasileiro nos tornam...

Nova identidade tem CPF como número principal, QR code e abriga dados de outros documentos

O governo federal quer acelerar a corrida para digitalizar a identidade dos brasileiros. A nova CIN (Carteira de Identidade Nacional) representa o fim do RG e da impressão...

ONU pede que Brasil legalize aborto e denuncia ‘fundamentalismo religioso’

Alertando sobre o avanço do que chamou de "fundamentalismo religioso" no Brasil, um dos principais órgãos da ONU que lida com a situação da...

Trump se torna 1º ex-presidente condenado em ação criminal na história dos EUA

Donald Trump se tornou o primeiro ex-presidente considerado culpado pela Justiça em uma ação criminal na história dos Estados Unidos. O veredicto, divulgado nesta quinta-feira (30),...
-+=