Grupo conclui trabalho sobre política de promoção da igualdade racial no ES

O Grupo de Trabalho (GT) instituído pelo Governador Renato Casagrande para discutir o processo de implementação de políticas de promoção da igualdade racial conclui os trabalhos na tarde desta segunda-feira (04).

O Grupo composto pelos Secretários Rodrigo Coelho (Assistência Social e Direitos Humanos), Robson Leite (Governo), Luiz Cicilioti (Casa Civil) e representantes dos Agentes Pastoral Negros, Círculo Palmarino, Coordenação Estadual de Quilombos, Fórum Estadual de Juventude Negra, Negritude Socialista Brasileira, Oborin Dudu e União de Negros pela Igualdade permaneceu em diálogo durante dois meses e conseguiu cumprir os objetivos estabelecidos.

Na última reunião do Grupo foi aprovado o Relatório Final que deverá ser entregue ao Governador. As entidades do Movimento Negro reivindicam a criação de uma Secretaria de Promoção da Igualdade Racial e de um Conselho Estadual da População Negra para impulsionar o processo de implementação de ações que visem o enfrentamento das desigualdades raciais no estado.

O representante do Fórum Estadual de Juventude Negra no GT, Luiz Inácio, explica sobre a expectativa das entidades. “Esperamos que o Governador acolha as reivindicações do Movimento Negro. Infelizmente o Espírito Santo é um dos poucos estados do país que não possui organismos voltados ao desenvolvimento e articulação de políticas especificas para povo negro”, enfatiza o jovem.

Apesar da existência da Lei Estadual 7.723/04, que institui as políticas de promoção da igualdade racial no Espírito Santo, até então não havia ação concreta do Governo Estadual para garantir a sua regulamentação e implementação. Através desse processo de diálogo as entidades acreditam que medidas serão desenvolvidas para garantir a superação de diversos problemas acarretados pelo racismo que ainda persiste na sociedade.

 

 

 

Fonte: Lista Racial

+ sobre o tema

Cresceu o número de internações de mulheres com infarto nos hospitais públicos de SP

A internação de mulheres por infarto nos hospitais...

A revolta da sala de jantar

Apesar da resistência de uma classe média urbana acostumada...

O papel dos novos movimentos sociais

Por: Carlos Martins Os movimentos sociais constituem uma temática...

Os netos de santo

Aos oito meses de idade, Heitor Monteiro Paganini já...

para lembrar

Governo, organizações e quilombolas se unem em defesa do Decreto n°4887/2003

Por Daiane Souza Quilombolas, órgãos públicos e instituições de todo...

Casa de Portugal – 15 de setembro – 80 anos da Frente Negra Brasileira

Reunião interna da Frente Negra Brasileira, São Paulo, ca....

Acordo firmado entre MinC e Sebrae beneficiará produção criativa quilombola e indígena

O Acordo de Cooperação assinado, na última sexta-feira (30),...
spot_imgspot_img

João Cândido e o silêncio da escola

João Cândido, o Almirante Negro, é um herói brasileiro. Nasceu no dia 24 de junho de 1880, Encruzilhada do Sul, Rio Grande do Sul....

Levantamento mostra que menos de 10% dos monumentos no Rio retratam pessoas negras

A escravidão foi abolida há 135 anos, mas seus efeitos ainda podem ser notados em um simples passeio pela cidade. Ajudam a explicar, por...

Racismo ainda marca vida de brasileiros

Uma mãe é questionada por uma criança por ser branca e ter um filho negro. Por conta da cor da pele, um homem foi...
-+=