Inscrições para o Sisu começam nesta quinta (16); tire dúvidas

Programa que seleciona estudantes para universidades públicas usa as notas obtidas no Enem

Começa nesta quinta-feira (16) o período de inscrições para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), programa do Ministério da Educação que seleciona estudantes para universidades públicas de todo o país.

As inscrições vão até o dia 24, e o resultado será divulgado no dia 28. Aos aceitos no programa, as matrículas nas universidades serão de 2 a 8 de março.

O sistema faz a seleção dos estudantes com base na nota obtida no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Neste ano, a divulgação das notas foi feita no último dia 9.

Tire abaixo suas dúvidas sobre o funcionamento do Sisu:

QUEM PODE SE INSCREVER NO SISU?

Todos os estudantes que participaram do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), na edição mais recente antes do processo seletivo do Sisu, obtiveram nota na prova de redação maior do que zero e não declararam estar na condição de treineiro ao se inscrever no exame.

Metade das vagas disponibilizadas é reservada aos estudantes de famílias com renda igual ou inferior a um salário-mínimo e meio per capita (R$ 1.953).

ONDE FAZER A INSCRIÇÃO?

O acesso ao sistema de inscrição do Sisu é realizado com as informações de login e senha para acesso aos serviços digitais do governo federal, mediante uma conta no portal gov.br. Se você ainda não possui cadastro na página gov.br, clique aqui para criar sua conta e se inscrever no Sisu.

No momento em que o candidato realiza o login no Sisu, o sistema recupera, automaticamente, as notas dele obtidas na edição do Enem válida para o processo seletivo.

O QUE É NECESSÁRIO PARA SE INSCREVER?

No ato da inscrição, que é gratuita, o candidato escolhe até duas opções de curso dentre as ofertadas em cada processo seletivo do Sisu. É possível alterar as opções de curso durante todo o período de inscrições. A válida será a última registrada no sistema.

Para consultar a lista de cursos, clique aqui.

QUE DIA SAIRÁ O RESULTADO?

O resultado sairá no dia 28 de fevereiro na página do candidato do Sisu e nas instituições de ensino superior. As matrículas serão de 2 a 8 de março, diretamente na universidade de escolha.

É importante saber que o candidato que passar em primeira ou segunda opção tem apenas essa oportunidade de se matricular na universidade, porque não poderá entrar na lista de espera.

QUAIS OS CRITÉRIOS USADOS NO PROCESSO SELETIVO DO SISU?

Em caso de empate nas notas, serão considerados os seguintes critérios, nesta ordem:

  • Maior nota na prova de redação;
  • Maior nota na prova de linguagens, códigos e suas tecnologias;
  • Maior nota na prova de matemática e suas tecnologias;
  • Maior nota na prova de ciências da natureza e suas tecnologias; e
  • Maior nota na prova de ciências humanas e suas tecnologias.

QUAL É A NOTA DE CORTE DO SISU?

Os cursos possuem pesos diferentes, por isso, é importante acompanhar todo o processo na página do candidato. Um curso de medicina, por exemplo, pode exigir média mínima igual ou maior que 560 pontos no Enem e nota mínima em ciências da natureza igual ou maior que 400 pontos.

A nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento de sua inscrição. Ela será publicada diariamente a partir do segundo dia das inscrições, após o Sisu calcular e divulgar a nota de corte para cada curso do primeiro dia de inscrições.

EXISTE UMA LISTA DE ESPERA?

Sim. Quem não for selecionado em nenhuma das duas opções de curso indicadas no ato de inscrição regular ainda pode disputar uma das vagas por meio da lista de espera do Sisu.

Nesse caso, ele pode escolher apenas uma das opções de vagas definidas na fase de inscrição. Por isso, é importante ficar atento aos prazos para manifestar interesse em participar da lista de espera.

Uma vez na lista, é necessário que o candidato acompanhe na instituição da vaga escolhida as convocações para matrícula.

O CANDIDATO QUE SE INSCREVEU NO SISU PODE SE INSCREVER NO PROUNI?

Sim, desde que atenda aos critérios do programa. É vedado ao estudante usar a bolsa do Prouni e estar, simultaneamente, matriculado em instituição de educação superior pública e gratuita. Portanto, quem for selecionado por ambos, deve optar por um deles.

+ sobre o tema

Matrículas das universidades federais caem pela primeira vez desde 1990

George Monteiro, de 20 anos, já tinha encaminhada sua...

Foram antecipadas as datas do SiSU, ProUni e Fies 2023/1, confira

O Ministério da Educação (MEC) antecipou os calendários de...

MEC publica portaria que suspende cronograma do novo ensino médio por 60 dias

O MEC (Ministério da Educação) publicou na madrugada desta quarta-feira (5),...

para lembrar

27 cursos de Medicina do País são insatisfatórios, diz MEC

Entre os cursos com desempenho ruim, cinco estão em...

MEC suspende 10 mil vagas em vestibulares de cursos à distância

Instituições estariam oferecendo vagas em polos presenciais irregulares. Vestibulares que...

MEC autoriza suspensão de parcelas do Fies durante pandemia; confira as regras

O Ministério da Educação (MEC) definiu as diretrizes para...

Ong oferece 200 bolsas de estudo integrais em escolas de elite do Rio e SP

Atuais alunos bolsistas estudam em escola Além da mensalidade, bolsistas...
spot_imgspot_img

Pedidos de isenção de taxa no Enem 2024 começam nesta segunda (15); veja datas

Começa nesta segunda-feira (15) o período para solicitar a isenção da taxa de inscrição para o Enem 2024. O prazo vai até 26 de abril. Os interessados...

Inscrições para o Fies vão até a próxima sexta-feira

Romper o silêncio e assistir aos pais desmancharem-se em lágrimas de alegria diante de sílabas pronunciadas dos filhos. Na rotina da fonoaudióloga Luana Marques,...

Reitor da USP repudia ataques a cotas; veja entrevista

Os comitês que decidem quais alunos podem entrar nas universidades por meio das cotas raciais passaram por uma série de polêmicas nos últimos dias...
-+=