Jandira quer ampliar proteção da Lei Maria da Penha a transexuais

da assessoria de imprensa da deputada federal Jandira Feghali, via e-mail

A deputada federal reeleita Jandira Feghali mais uma vez se apresenta como uma parlamentar progressista e visionária. Relatora na Câmara da Lei Maria da Penha, em 2006, que combate a violência doméstica, Jandira agora quer incluir no rol de proteção da legislação transexuais e transgêneros. Ela apresentou na terça-feira o Projeto de Lei 8032/2014 que prevê esses mecanismos.

Segundo Jandira, os avanços contra a violência doméstica ocorreram, como a criação de instrumentos de combate e punição (delegacias, fóruns e juizados especiais) por estados e municípios, mas haviam demandas sociais, como a de transexuais: “Ampliar a cobertura de proteção é também fazer com que o Estado reconheça a identidade de milhares de cidadãos brasileiros”, adianta.

A parlamentar ainda aponta que a visão machista de parte da sociedade pesa sobre mulheres e transexuais da mesma forma: “É preciso que o Estado garanta equidade e igualdade no combate à violência, sem discriminar”, diz, acrescentando que deseja urgência no trâmite do PL para este ano: “A próxima legislatura será muito conservadora e reacionária, o que dificulta avanços progressistas”, avalia.

Para Keila Simpson, vice-presidenta da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), travestis e transexuais são discriminadas em razão de um estereótipo de inferioridade e são alvo de agressões, preconceito e constantemente relegadas à inviabilidade estatal. “Hoje são mais de 1 milhão e 500 mil que estão vulneráveis e sofrem violência”.

 

 

Fonte: Viomundo

+ sobre o tema

Museu da Pessoa apresenta: Lourdes Alves

Lourdes conta para o Museu da Pessoa como começou...

Jéssica Ellen, de ‘Totalmente demais’, fala de racismo: ‘Precisamos ser representados’.

Dandara dos Palmares lutou pela libertação dos negros no...

Festival da mulher negra pauta combate ao racismo na comunicação

Consolidado como o maior festival da mulher negra da...

São Bernardo é a mais violenta com homossexuais

O Dia Internacional de Combate à Homofobia, celebrado nesta...

para lembrar

Mishael Morgan faz história ao se tornar a primeira mulher negra a ganhar Melhor Atriz no Daytime Emmys

Mishael Morgan acabou de fazer história no Daytime Emmys 2022,...

Brasil integrará conselho executivo da ONU-Mulheres

Brasil, Angola, Cabo Verde e Timor-Leste estão entre os...
spot_imgspot_img

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...

Em reunião com a ministra das Mulheres, movimentos denunciam casos de estupros e violência em abrigos para atingidos pelas enchentes no RS

Movimentos feministas participaram de uma reunião emergencial com a ministra da Mulher, Cida Gonçalves, no final da tarde desta terça-feira (7), de forma online....

Documentário sobre Ruth de Souza reverencia todas as mulheres pretas

Num dia 8 feito hoje, Ruth de Souza estreava no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. O ano era 1945. Num dia 12, feito...
-+=