Jornalista lança livro para ‘revelar falácia’ sobre o racismo no Brasil

Por: Mariana Rennhard*

No próximo dia 29 de agosto, a jornalista Fabiana Moraes, do Jornal do Commercio, lançará na Livraria Cultura de Recife (PE) o livro “Nabuco em Pretos e Brancos”. A obra fala sobre o preconceito e o racismo no Brasil.

A obra é fruto de uma parceria entre a Fundação Joaquim Nabuco e o Jornal do Commercio e teve origem em uma matéria feita por Fabiana em 2010, publicada em caderno especial duplo nas páginas do Jornal do Commercio para o centenário da morte de Joaquim Nabuco. “Nesse especial, a gente tratou a questão racial de uma maneira dialética, contando a experiência de cinco negros com ‘prestígio social’ e cinco brancos pobres”, contou a autora à IMPRENSA.

Como a reportagem que deu origem à obra não era inédita, Fabiana Moraes foi atrás de algumas inovações para complementar a produção. Sua busca por uma “novidade” se refletiu no projeto gráfico do livro, que o divide em duas partes bem diferenciadas, e na participação de colaboradores, que escreveram textos sobre algumas temáticas tratadas na obra. Entre os colaboradores estão especialistas como Ricardo Salles, Humberto França, Adriana Maria Paulo da Silva, Marc Hoffnagel e Marcelo Paixão.

Segundo Fabiana, a ideia de “Nabuco em Pretos e Brancos” é “revelar uma falácia muito comum no Brasil que é dizer que aqui a pessoa é discriminada por causa do dinheiro e não por causa da cor da pele. Isso é uma falácia. A cor da pele acaba contando como um capital”. Além disso, a autora disse que procurou “mostrar Nabuco não daquela forma oficial, como nos ensinam na escola, mas, sim, mostrá-lo de uma maneira dialética, assim como são tratados negros e brancos no Brasil”.

* Com supervisão de Vanessa Gonçalves

 

Fonte: Portal Imprensa

+ sobre o tema

Senado aprova projeto que aumenta pena para crime de injúria racial

Às vésperas do Dia da Consciência Negra, senadores aprovaram nesta...

Vítima de racismo antes das finais, LeBron afirma que é “difícil ser negro nos EUA”

Casa do jogador foi pichada com palavras racistas nesta...

para lembrar

Corumbá – Lavagem de escadaria não terá missa na Igreja Matriz

Por: Lívia Gaertner Quem já estava acostumado desde 2002...

Por que a esquerda não suporta ouvir que é branca?

Entre as dificuldades que devem enfrentar para formação da...
spot_imgspot_img

Nem a tragédia está imune ao racismo

Uma das marcas do Brasil já foi cantada de diferentes formas, mas ficou muito conhecida pelo verso de Jorge Ben: "um país tropical, abençoado...

Futuro está em construção no Rio Grande do Sul

Não é demais repetir nem insistir. A tragédia socioclimática que colapsou o Rio Grande do Sul é inédita em intensidade, tamanho, duração. Nunca, de...

Kelly Rowland abre motivo de discussão com segurança em Cannes: ‘Tenho limites’

Kelly Rowland falou à imprensa sobre a discussão que teve com uma segurança no tapete vermelho do Festival de Cannes durante essa semana. A cantora compartilhou seu...
-+=