Jovem registra primeiro dia de aula da mãe e se emociona: ‘Chegou minha vez de fazer algo por ela’

Trinta anos separam o jovem aprendiz do Metrô Rio Vanderson Nascimento de sua mãe, a diarista Marília Nascimento, de 52 anos. No entanto, na última segunda-feira, uma cena os aproximou de tal forma que o tempo se esvaiu no ar. E gerou um reencontro de mãe filho consigo mesmos.

Por Pedro Willmersdorf, do Extra 

— Certo dia, ouvi na rádio a história de uma senhorinha que decidiu voltar a estudar aos 80 anos. Aquilo me fez ficar no ouvido da minha mãe, a incentivando e estimulando a voltar à escola — comenta Vanderson, de 22 anos, morador da comunidade de Manguinhos, na Zona Norte do Rio.

E lá em Manguinhos, na Escola municipal Juscelino Kubitschek, depois de muitas palavras de Vanderson e de seus três irmãos encorajando Dona Marília, ela, enfim, voltou a pisar num pátio colegial, matriculada na 2ª série do ensino fundamental. O registro, feito devidamente por Vanderson e publicado em seu Facebook, já foi compartilhado mais de 14 mil vezes, com quase 40 mil curtidas.

— Levei minha mãe até a porta da escola e me veio à cabeça todas as vezes que ela fez aquilo por mim. Cheguei a me emocionar. Ela é o maior exemplo de superação para mim e pros meus irmãos — conta o rapaz, abandonado pelo pai quando ainda era pequeno — Minha mãe chegou a se casar uma segunda vez, mas ficou viúva. E sempre nos incentivou a estudar, a lutar pelo que queremos — reforça Vanderson, que tem o ensino médio completo e pretende cursar uma faculdade em breve, só faltando decidir o curso. Ele está em dúvida entre Direito, Psicologia e Administração.

Sem esperar todo o sucesso do post nas redes, Vanderson aproveita o ensejo para deixar um recado a outros jovens.

— Que sirva de incentivo para outros filhos incentivarem seus pais. Que eles possam voltar aos estudos, nunca é tarde. Temos que honrar nossos pais sempre! — celebra.

+ sobre o tema

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem...

Candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no Enem

O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou que todos...

Liberdade para Ensinar e Aprender: Pesquisa Nacional Analisa Violências Sofridas por Educadores/as no Brasil

O Observatório Nacional da Violência contra Educadoras/es (ONVE), sediado...

para lembrar

Pela 1ª vez, Fapesp torna públicas fraudes científicas

Cinco casos de fraude científica - incluindo plágio e...

Denuncia de fraudes nas cotas raciais do vestibular da UFPR 2017

Recebemos após a divulgação do resultado final do vestibular...

UnB está com inscrições abertas para o vestibular 2023

A Universidade de Brasília divulgou, nesta segunda-feira (15/8), o...
spot_imgspot_img

FGV e Fundação Itaú oferecem bolsas de mestrado em comunicação digital e cultura de dados

A FGV-ECMI (Escola de Comunicação, Mídia e Informação da Fundação Getúlio Vargas) vai oferecer 30 bolsas integrais para o mestrado em comunicação digital e...

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas cívico-militares na rede estadual e municipal de ensino foi aprovada na noite desta terça-feira (21) na...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem sido objeto de debate em diversos contextos nacionais e internacionais, mobilizando famílias, a sociedade e...
-+=