Kanye West quer abandonar os EUA por causa do racismo

 

Kanye West e o racismo

Após um episódio onde Kanye West agrediu uma adolescente norte-americana, alegadamente devido a um insulto racista, o rapper pretende abandonar os Estados Unidos da América.

Tal ocorreu a 13 de janeiro quando a futura esposa de Kanye West, Kim Kardashian, pretendia entrar num estabelecimento médico em Beverly Hills e foram-lhe dirigidos alguns insultos sobre o facto de estar noiva de uma pessoa de etnia negra.

O rapper explicou que tem receio de explicar o episódio à sua filha porque tal levará a debater, de forma negativa, a cultura, história e sociedade norte-americana.

Kanye West declarou à imprensa que prefere abandonar os EUA do que ter conversas regulares sobre o racismo com a sua filha.

 

 

Fonte: Portal Coimbra

+ sobre o tema

Chove mais no Jacarezinho

Não, as chuvas torrenciais no Rio de Janeiro não são racistas;...

Passageiros e motoristas relatam casos de racismo em aplicativos de transporte

Usuários negros dizem ter sido recusados por motoristas; empresas...

O crespo é livre: belo e ancestral, cabelo afro resiste ao racismo estético

Black Power, rastafari, com dreads, cacheados, encarapinhados... Os cabelos...

para lembrar

spot_imgspot_img

Prisão de torcedores deveria servir de exemplo para o futebol brasileiro

A condenação de três torcedores racistas na Espanha demonstra que, apesar da demora, estamos avançando em termos de uma sociedade que quer viver livre...

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...
-+=