segunda-feira, setembro 20, 2021
InícioÁfrica e sua diásporaAfro-brasileiros e suas lutasLivro narra perseguição da ditadura a Tony Tornado: 'importou o gesto-símbolo do...

Livro narra perseguição da ditadura a Tony Tornado: ‘importou o gesto-símbolo do poder negro’

O livro “Dançando na mira da ditadura: bailes soul e violência contra a população negra nos anos 1970” vai mostrar como a juventude negra foi alvo de violações durante o regime militar. A obra foi escrita por Lucas Pedretti, o historiador que encontrou o dossiê usado para prender Caetano Veloso, ponto de partida do filme “Narciso em férias”.

Entre diversos documentos e situações, Pedretti narra como Tony Tornado foi alvo do Centro de Informações do Exército durante o 5º Festival Internacional da Canção, em 1970. No documento intitulado “Flávio Cavalcanti, Tony Tornado e Danuza Leão tentam suscitar o problema da discriminação racial no Brasil”, os militares relatam que Tony importou o “gesto-símbolo do ‘poder negro’ (comunista)”.

O relatório revela que “toda máquina policial se movimentou nos bastidores do Maracanãzinho para impedir os gestos de caráter político do cantor” — ou seja, a saudação à moda dos Panteras Negras.

O livro, que será editado neste ano pelo Arquivo Nacional, também descreve como o Exército monitorou outros artistas negros.

RELATED ARTICLES