Mãe perde a guarda antes de a filha nascer

Fonte G1

RIO – Uma decisão do juiz da Vara da Infância e Juventude de Nova Friburgo, Marcos Vinícius Miranda Gonçalves, considerada sem precedentes no estado, está causando polêmica no município da Região Serrana. O magistrado concedeu uma liminar em abril destituindo o poder familiar de uma mãe, de 23 anos, com histórico de mendicância, antes mesmo do filho nascer. A jovem deu à luz na madrugada de 8 de julho e até agora não viu a filha, encaminhada para um abrigo local. Na sexta passada, o Tribunal de Justiça (TJ) concedeu à mãe o direito de amamentar e registrar a recém-nascida, mas a decisão ainda não foi cumprida.

A jovem vinha sendo acompanhada no ano passado pelo Conselho Tutelar por vender balas nas ruas com uma outra filha, de 2 anos, no colo. Mesmo após uma primeira advertência, ela insistiu na prática e agrediu um conselheiro que tentou separá-la da criança. Após este caso, em novembro de 2008, o Ministério Público entrou com processo de destituição do poder familiar da menina de 2 anos.

Com o início do processo, a jovem passou a ser acompanhada periodicamente por uma equipe técnica da Vara da Infância. Em abril, foi relatado ao Ministério Público que ela estava grávida. Os promotores solicitaram ao juiz, então, a perda do poder familiar antes mesmo do nascimento, o que foi acatado pelo magistrado.

Matéria original: Mãe perde a guarda antes de a filha nascer

+ sobre o tema

Pesquisa revela constante racismo a imigrantes no Brasil

A noção de que o Brasil é um país...

Menos de 1% dos municípios do Brasil tem só mulheres na disputa pela prefeitura

Em 39 cidades brasileiras, os eleitores já sabem que...

Prostituição e direito à saúde

Alexandre Padilha errou. Realizar campanhas de saúde pública é...

para lembrar

O passo a passo para ter os cachos da Helena

Se você quer assumir os cachos como a personagem...

Nos EUA e no Brasil, o “mal” são sempre os outros. Nunca nós mesmos

''Nós devemos manter o 'mal' fora de nosso país!'' Por Leonardo...

Emir Sader: O dedo de Lula

A sociedade brasileira teve sempre a discriminação como...

Deixa chover canivete que o resto o mel de tiúba resolve

Mel de abelha possui funções nutricionais e é energético...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=