MEC anuncia resultado do Prouni, mas candidatos não conseguem consultá-lo

Resultado da primeira chamada é publicado na manhã desta segunda-feira (6); comprovação das informações deve ser feita até 13 de fevereiro. Link ainda apresenta problemas para o usuário.

Do G1

Prouni divulga resultados, mas candidatos são levados a uma página com explicações sobre o funcionamento do programa. (Foto: Reprodução)

O ministério da Educação (MEC) divulgou, na manhã desta segunda-feira (6), o resultado da primeira chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni). No entanto, o link que direcionaria o usuário à lista da 1ª chamada (http://siteprouni.mec.gov.br/) não está o levando à página correta.

Candidatos protestam nas redes sociais sobre a impossibilidade de visualizar os resultados. O MEC afirma que está analisando com o setor responsável sobre possíveis problemas na plataforma.

Os candidatos aprovados devem comprovar as informações para garantir a bolsa entre esta segunda e o dia 13 de fevereiro.

A segunda chamada do Prouni será divulgada no dia 20 de fevereiro. Em seguida, o programa abrirá o prazo para a adesão à lista de espera, entre 7 e 8 de março.

Programa Universidade para Todos (Prouni)

  • Comprovação de informações da 1ª chamada: 06/02 a 13/02
  • Resultado da 2ª chamada: 20/02
  • Comprovação de informações da 2ª chamada: 20/02 a 24/02
  • Prazo para participar da lista de espera: 07/03 a 08/03
  • Entrega presencial de documentos dos selecionados: 13/03 a 14/03

1,3 milhão de candidatos

O prazo de inscrições terminou às 23h59 de sexta (3). Até as 14h, o Prouni tinha recebido 2.666.825 inscrições de 1.380.026 candidatos, já que o sistema registra até duas inscrições por pessoa, segundo balanço do Ministério da Educação (MEC).

O Prouni distribui bolsas de estudo totais e parciais na rede particular de ensino superior de acordo com o desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e leva em conta a situação socioeconômica da família do candidato.

No total, no primeiro semestre de 2017, o sistema oferece 214.110 bolsas de estudo (total e parcial) na rede particular de ensino superior. Além do Prouni, o aluno tem a opção de aderir à lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) até 10 de fevereiro, ou de solicitar um contrato de financiamento estudantil pelo Fies, para garantir o acesso ao ensino superior. Veja o calendário:

Financiamento Estudantil (Fies)

  • Inscrições: 7 a 10 de fevereiro
  • Para que serve: Sistema on-line que reúne vagas de financiamento estudantil em cursos de graduação em universidades particulares.
  • Como funciona: Os estudantes que já estão matriculados em cursos de instituições participantes podem pleitear um contrato de financiamento estudantil custeado pelo governo federal.
  • Número de vagas: Ainda não foi divulgado pelo MEC. O ministro da Educação, Mendonça Filho, porém, garantiu que o número de novos contratos do Fies no ano de 2017 deverá ser pelo menos o mesmo que em 2016.

+ sobre o tema

Professores indígenas ocupam Secretaria de Educação da Bahia

  Um grupo de 60 professores, alunos e pais indígenas...

Antonio Candido indica 10 livros para conhecer o Brasil

  Quando nos pedem para indicar um número muito limitado...

Resultado da segunda chamada do ProUni sai nesta segunda-feira

Brasília – Os estudantes que se inscreveram no Programa...

Em São Paulo, 46% dos alunos admitem ter passado de ano sem aprender a matéria

Camila Maciel - Repórter da Agência Brasil Quase metade (46%)...

para lembrar

Estudantes protestam contra exigência do Enem para Ciência sem Fronteiras

Nova regra para concorrer a bolsas de estudo no...

USP assina acordo experimental para participar do Enade

Além da prova, a universidade estadual paulista participará das...

A campanha dos professores para denunciar Paes e Cabral

Charge do Vitor Teixeira, via Facebook do site do SEPE,...
spot_imgspot_img

Faculdade de Educação da UFRJ tem primeira mulher negra como diretora

Neste ano, a Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) tem a primeira mulher negra como diretora. A professora Ana...

O que a proibição de livros nos diz sobre o futuro que nos aguarda

Reportagem da Agência Pública mostrou que existe um movimento coordenado para barrar a entrada de determinados livros no sistema prisional de Minas Gerais. Apenas títulos...

Encontro anual do SETA definiu ações e estratégias para uma educação antirracistae emancipatória.

Geledés - Instituto da Mulher Negra participou do planejamento anual Projeto SETA  (Sistema de Educação Por Uma Transformação Antirracista) em Paraty, Rio de Janeiro....
-+=