quarta-feira, agosto 17, 2022
InícioEducaçãoNotícias em EducaçãoMenina de 13 anos torna-se estudante negra mais jovem a passar em...

Menina de 13 anos torna-se estudante negra mais jovem a passar em faculdade de medicina

Alena Analeigh Wicker, do Texas, EUA, já lia aos três anos de idade, cursava aulas do colegial aos 11, e com 12 se matriculou em duas faculdades, nas quais estuda ciências biológicas.

Com apenas 13 anos de idade, Alena Analeigh Wicker, do Texas, Estados Unidos, tornou-se a estudante negra mais jovem a ser aceita em uma faculdade de medicina.

Alena já lia aos três anos de idade, cursava aulas do colegial aos 11, e com 12 se matriculou em duas faculdades: Arizona State University e a Alabama Oakwood University, nas quais estuda ciências biológicas. Com essa idade, também foi a estágiária mais jovem a passar pela NASA. Agora ela foi aceita na faculdade de medicina da universidade de Alabama Heersink School of Medicina, para começar em 2024.

“O que é idade? Ninguém é novo demais para realizar nada. Acho que provei a mim mesma que posso fazer qualquer coisa, desde que me dedique a isso”, afirmou ao jornal Washington Post.

Apesar das conquistas, diz se considerar uma adolescente “normal”, que, além de estudar, gosta de ir ao cinema, jogar futebol e sair com amigos.

“As estatísticas nunca diriam que eu conseguiria. Uma menininha negra, adotada, de Fontana, California”, escreveu em um post nas redes sociais para anunciar a novidade. A taxa de aceitação média em faculdades de medicina nos Estados Unidos é de 7%, e cerca de 7% dos que passam são pessoas negras, segundo reportagem do Washington Post.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench