sexta-feira, janeiro 14, 2022
InícioEm PautaMinC lança pacote para cultura afro

MinC lança pacote para cultura afro

Em meio às festas do Dia da Consciência Negra, o Ministério da Cultura (MinC) lançou ontem cinco editais, num total de R$ 10 milhões, voltados para o fomento da cultura afro-brasileira. Considerada a primeira ação afirmativa do MinC, o lote de editais compreende desde a produção de curtas-metragens até o financiamento de pesquisas acadêmicas e envolve a Funarte, a Biblioteca Nacional e a Secretaria de Audiovisual do ministério.

Ao lado da ministra da Igualdade Racial, Luiza Bairros, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, deu detalhes dos editais e rebateu as críticas de setores culturais que consideram o edital preconceituoso:

– Acho que o preconceito é o negro não ter acesso. Não sei como as pessoas não percebem isso. Para mim, é muito claro. O preconceito é isso: você ter talento e não poder expressá-lo.

Um dos maiores editais é da Funarte, que vai criar o prêmio Grande Otelo. Com R$ 4,3 milhões, o prêmio vai contemplar 33 projetos de arte audiovisual. Já a Fundação Biblioteca Nacional vai comandar três editais, num total de R$ 4,5 milhões. Um dos editais prevê a produção de 25 livros de autores negros, com um financiamento de R$ 500 mil. Os outros tratam da criação de pontos de leitura em todas as capitais, com a contratação de agentes afrodescendentes para incentivar as comunidades jovens a ler, e do incentivo a linhas de pesquisa sobre a cultura negra.

– O Brasil tem uma dívida de 500 anos com a população negra. Um forte devedor, até por ter 200 anos, é a Biblioteca Nacional – disse o presidente da fundação, Galeno Amorim.

Já o edital de curtas-metragens pretende valorizar projetos de jovens negros, com idades entre 18 a 29 anos. Os projetos serão incentivados com R$ 100 mil.

Fonte: Brasilia em tempo

RELATED ARTICLES