Minka Kelly critica “racistas covardes” atacando Anna Diop

Atriz que viverá Estelar no seriado é vítima de comentários preconceituosos no Instagram

Do Omelete

Foto: DC Universe/Divulgação

Anna Diop, a atriz que viverá Estelar na série live-action dos Novos Titãs, está sofrendo ataques racistas em sua conta no Instagram desde que o elenco do seriado foi anunciado. Agora, Minka Kelly, que interpretará Columba no programa, defendeu a colega em uma publicação.

I would like to take a moment to acknowledge how proud and excited I am to be working alongside @The_AnnaDiop. In my humble opinion, @DCUTitans, @theDCuniverse and all of their fans are lucky to have her talent, her grace and her beauty on board. While the abhorrent racism in this country seems to be going nowhere anytime soon (#NiaWilson), the dignity, strength and couth my friend continues to exemplify in the face of it humbles and inspires me. That so many racist cowards would take the time to attack her instagram so that she has to shut off comments after having already shut down her entire account once before over this bullshit makes me feel rage. Though I also feel a small relief knowing how strong and thick-skinned Anna is. I know she is and will be ok. It takes zero courage to sit in your dark lonely room spewing your venom online while protected by your anonymous faceless accounts. I cannot begin to fathom the courage it requires everyday just to exist as a black woman in this country (#ChikesiaClemons) let alone to also have the audacity to fight for and follow your dreams. I bow to you, Anna. I can’t wait for everyone to see the brilliant work you’ve done. Shine on, my love. You are a queen and all the people who matter know it. #IStandWithAnnaDiop 👑✨

Uma publicação compartilhada por Minka Kelly (@minkakelly) em

Gostaria de tirar um momento para afirmar o quão orgulhosa e animada estou de trabalhar ao lado de Anna Diop. Na minha humilde opinião, os Novos Titãs, o DC Universe e todos os fãs tem sorte de ter seu talento, graça e beleza envolvidos. Enquanto o terrível racismo nos Estados Unidos não parece que deixará de existir tão cedo, a dignidade, força e a gentileza que minha amiga exemplifica quando confrontada por ele me inspira.

Que tantos racistas covardes perderiam tempo para atacar o Instagram dela ao ponto de ter que fechar os comentários após já ter deletado a conta uma vez me deixa enfurecida. Ao mesmo tempo, sinto certo alívio ao saber o quão casca-grossa e forta Anna é, sei que ela está e ficará bem. Não é necessário um pingo de coragem para sentar em seu quarto escuro e solitário, soltando seu ódio na internet enquanto está protegido por contas anônimas.

Não consigo imaginar a coragem necessária todos os dias apenas para existir como uma mulher negra nos Estados Unidos, menos ainda de ter a audácia de lutar e seguir os seus sonhos. Me curvo a você, Anna. Mal posso esperar que todos veja o trabalho brilhante que você fez. Continua brilhando, meu amor. Você é uma rainha e todas as pessoas que importam sabem“, falou Kelly.

A série, prevista para estrear em 2018, reunirá os justiceiros Robin (Brenton Thwaites), Estelar (Anna Diop), Mutano (Ryan Potter), Ravena (Teagan Croft) e a dupla Columba (Minka Kelly) e Rapina (Alan Ritchson).

O programa é de autoria de Greg Berlanti, produtor de ArrowThe FlashSupergirl Legends of Tomorrow, e também terá Akiva Goldsman (Uma Mente BrilhanteStar Trek: Discovery) e Geoff Johns na equipe de roteiristas dos 13 episódios. Brad Anderson (FringeThe Wire) dirigirá o piloto.

Ainda não há data de estreia definida, mas a transmissão acontecerá pelo serviço de streaming DC Universe, que será lançado nos EUA em agosto de 2018.

+ sobre o tema

para lembrar

Usuários negros acusam LinkedIn de apagar postagens com temática racial

Num dia de setembro, Elizabeth Leiba abriu o aplicativo...

Dia da Consciência Negra: para conquistar o orgulho é preciso resgatar origens, diz pesquisador

Em 20 de novembro de 1695 morreu Zumbi dos Palmares, símbolo da...

A Niterói de Iris e Alessandro desenha o mapa da segregação racial brasileira

A nutricionista Iris Motta, 46, e o jornalista Alessandro...
spot_imgspot_img

Fifa apresenta pacote de medidas contra o racismo no esporte

A Federação Internacional de Futebol apresentou um pacote de medidas contra o racismo no esporte. O mundo do futebol está reunido em Bangkok, na Tailândia, onde...

Tragédia no Sul é ambiental, mas sobretudo política

Até onde a vista alcança, o Rio Grande do Sul é dor, destruição. E vontade de recomeçar. A tragédia socioclimática que engolfou o estado, além da...

Para os filhos que ficam

Os seus pais vão morrer. É ainda mais difícil se dar conta disso depois de um Dia das Mães, como foi o último domingo....
-+=