Montadora chinesa anuncia construção de fábrica em São Paulo

A montadora chinesa Chery Automobile anunciou, nesta sexta-feira, a assinatura de acordo com o governo de São Paulo para a instalação de uma fábrica de veículos de US$ 400 milhões. O acordo marca a entrada da primeira montadora chinesa no Brasil, que este ano vem apresentando performance recorde de vendas e produção de veículos. A indústria chega ao país no momento em que o mercado brasileiro de veículos automotores cresce consideravelmente ao longo deste ano, em virtude da isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), e em agosto último, devido à concorrência no mercado brasileiro.

A ampliação do poder aquisitivo dos brasileiros nos últimos meses tem gerado bons frutos no exterior, fator que agilizou o acordo para a instalação de uma fábrica da montadora chinesa em Jacareí, no interior de São Paulo. De acordo com Du Weiqiang, representante das sócias da empresa no país, a escolha só foi levada adiante após anos de estudos, os quais possibilitaram a identificação ideal do local como o maior mercado consumidor de veículos no Brasil, atrelado às condições logísticas e a vasta rede de fornecedores de peças.

Luis Curi, diretor da Chery no Brasil, avalia que o investimento total para a fábrica de Jacareí será de aproximados US$ 1 milhão. A unidade brasileira integrará as estratégias da montadora chegar à marca de 25 mil unidades comercializadas no Brasil até ano que vem, uma vez que desde 2009 a Chery já atua por aqui por meio de 40 concessionárias.

Vendas em alta

A comercialização de veículos novos no país apresenta expansão de 21,2% em agosto, no confronto com o mesmo intervalo no ano passado, batendo o recorde para o mês com o emplacamento de 312,8 mil unidades. Já no confronto com julho, os licenciamentos de automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões cresceram 3,5%. No acumulado dos oito primeiros meses deste ano, também foi contabilizada uma nova marca, com o emplacamento de 2,195 milhão de veículos, o que representa um acréscimo de 10,1% sobre igual período em 2009, que detinha o recorde até então.

Fonte: Correio do Brasil

+ sobre o tema

SP enquadrou 31 mil negros como traficantes em situações similares às de brancos usuários

Para a polícia de São Paulo, a diferença entre um traficante e...

STF retoma julgamento sobre descriminalização do porte de drogas

O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma nesta quinta-feira (20)...

STF começa a julgar nesta terça (18) supostos mandantes da morte de Marielle

O Supremo Tribunal Federal (STF) inicia, na tarde desta...

PL antiaborto viola padrões internacionais e ameaça vida, diz perita da ONU

O PL antiaborto viola padrões internacionais de direitos humanos...

para lembrar

O país do futebol virou país de matadores. Por Xico Sá

Procura-se, como no velho Oeste, recompensa de R$ 5...

Cracolândia – Tá com dó? Leva pra casa! – Sakamoto

(A pedidos, segue um aviso: Cuidado! Texto com ironias....

Verdura e feijão – Entre a oferenda e a oferta

Em Niterói, pro amém da peregrinação papal de novo...

Prefeitura de São José dos Campos retira obra sobre mulheres cientistas das escolas

A prefeitura de São José dos Campos (SP) recolheu a obra Mulheres Sonhadoras, Mulheres Cientistas, composta por dois livros, das escolas e bibliotecas do município. Escritos por...

A direita parlamentar parece ter perdido sua bússola moral

Com o objetivo de adular a extrema direita e constranger o governo, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, facilitou a aprovação de...

Janja defende direito ao aborto legal, diz que projeto é ‘absurdo’ e afirma que Congresso deve garantir acesso ao SUS

A primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja, afirmou que do projeto de lei (PL) 1904, que quer colocar um teto de 22 semanas no acesso ao...
-+=