Mulher de 22 anos é violentada após deixar bar na Cantareira

Segundo vítima, estuprador a levou para as margens da baía e disse: ‘agora você vai aprender a gostar de homem’

Por Vanessa Lima, no O Fluminense

Crime aconteceu por volta das 22 horas, às margens da Baía de Guanabara, próximo à Praça Juscelino Kubitschek – Foto: Marcelo Feitosa

A polícia está à procura de um homem acusado de violentar uma jovem de 22 anos às margens da Baía de Guanabara, próximo à Praça Juscelino Kubitschek, no Centro de Niterói. O crime aconteceu na noite da última quinta-feira, por volta das 22 horas.

De acordo com a polícia, a vítima contou que conheceu o estuprador pouco antes do crime, em um bar na Cantareira, em São Domingos, e que teria evitado as investidas dele por expressar interesse em uma mulher que estava no local. Mais tarde, quando voltava para casa, ela acabou abordada, ameaçada e abusada.

O crime – A vítima contou que estava na Cantareira, onde conheceu dois rapazes em um bar e foi convidada a beber com eles. Durante as investidas de um dos homens, ela teria revelado sua orientação sexual e afirmou estar interessada em uma mulher que estava no local. Pouco tempo depois, a jovem se despediu dos rapazes e foi conversar com a mulher.

Por volta das 22h, a vítima seguiu caminhando em direção ao Centro, onde pegaria um ônibus para casa. Segundo ela, um dos homens que estava no bar a abordou na altura da Praça JK e a forçou a caminhar até as margens da baía. Ela disse que ainda tentou gritar pedindo socorro, mas foi agredida com tapas e socos. Em depoimento, ainda relatou que no momento do estupro o agressor teria dito: “Agora você vai aprender a gostar de homem”.

Após o crime, o acusado fugiu e a jovem foi socorrida por um amigo. Ela deu entrada na Unidade de Emergência Mario Monteiro, em Piratininga, onde foi submetida a exames e tomou coquetel de medicamentos contra doenças sexualmente transmissíveis. Na última sexta-feira, o caso foi registrado na 81ª DP (Itaipu) e será transferido nesta quarta-feira para Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), no Centro.

+ sobre o tema

Juiz aplica Maria da Penha a favor de trans: “defesa de todos os direitos”

O Juizado de Violência Doméstica contra a Mulher de...

Trabalhadoras rurais e mulheres negras da Bahia serão homenageadas pelo governo

A Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia...

Como educar para a igualdade desde a infância

Seis ações para redefinir os papéis de gênero e...

Morre no Recife líder feminista indicada para o prêmio Nobel

Vanete Almeida, 69 anos, lutava contra um câncer há...

para lembrar

Sessão que discutiu violência contra as mulheres negras, foi extremamente proveitosa

Através do requerimento apresentado pela vereadora professora Carmelita, a...

Fé, menino. É tempo de desmachificar

sabe aquela imagem do neandertal, tacape na mão, arrastando...
spot_imgspot_img

Maria da Conceição Tavares: quem foi a economista e professora que morreu aos 94 anos

Uma das mais importantes economistas do Brasil, Maria da Conceição Tavares morreu aos 94 anos, neste sábado (8), em Nova Friburgo, na região serrana do Rio...

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Novas pesquisas mostram que meninas nos EUA estão tendo sua primeira menstruação mais cedo. A exposição ao ar tóxico é parcialmente responsável. Há várias décadas, cientistas ao redor do...

Leci Brandão recebe justa homenagem

A deputada estadual pelo PC do B, cantora e compositora Leci Brandão recebe nesta quarta (5) o Colar de Honra ao Mérito Legislativo do...
-+=