quinta-feira, agosto 18, 2022
InícioEm PautaNegar o holocausto é o mesmo que negar a escravidão no Brasil

Negar o holocausto é o mesmo que negar a escravidão no Brasil

DATA: 22/11 (DOMINGO)
HORA: 10H
LOCAL: PRAIA DE IPANEMA, ALTURA DA RUA MARIA QUITÉRIA

JUVENTUDE JUDAICA CONVOCA PARA ATO EM DEFESA DA DIVERSIDADE
Ato tem apoio dos movimentos LGBT, de mulheres, de negros, sociedade civil organizada e Comissão de Combate à Intolerância Religiosa

Ipanema será palco, neste domingo, de um ato político inédito: é a primeira vez que o Holocausto de judeus na Segunda Guerra Mundial recebe um tratamento universalista. Com o slogan “Negar o holocausto é o mesmo que negar a escravidão no Brasil”, a passeata vai reunir judeus, parte da comunidade muçulmana, homossexuais, mulheres, negros, religiosos e a sociedade civil organizada. O evento coordenado pelo Instituto Hillel – da juventude judaica – pretende se solidarizar ao povo do Irã em oposição a política do presidente Mahmoud Ahmadinejad.

 

A Passeata pela Paz, Diversidade, Liberdade e Democracia contra a política de Mahmoud Ahmadinejad é preparatória para a III Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa, em setembro de 2010.

 

A concentração está prevista para às 10h, na esquina da Rua Maria Quitéria, entre os postos 9 e 10, da praia de Ipanema.

 

Serviço:

Michel Gherman – diretor acadêmico do Hillel: 91933018 / 22460039

 

Mais informações:

Comissão de Combate à Intolerância Religiosa

Tel: 22733974 / 92905933

 

Segue panfleto:

 

NEGAR O HOLOCAUSTO É NEGAR A ESCRAVIDÃO NO BRASIL !!!

 

Saiba mais, leia:

O permanente holocausto negro

 

 

 

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench