Nei Lopes – Brasil é “altamente preconceituoso, racista e excludente”

O Brasil é uma sociedade “altamente preconceituosa, racista e excludente”, classifica o escritor, compositor e intelectual de estudos afro-brasileiros, Nei Lopes, um dos participantes da Bienal Internacional do Rio de Janeiro.

Nei Lopes esteve no domingo ao lado do escritor angolano Pepetela, a participar num debate sobre “África — Brasil: transas literárias, transes existenciais” no espaço do “Café Literário” da Bienal.

“Temos que admitir que o Brasil é composto por uma sociedade altamente preconceituosa, racista e excludente. Chegou a hora de reescrever essa história, somos protagonistas dela também, assim como o continente africano é protagonista nos momentos importantes do mundo. Isso tem que ser dito, se não fosse a África, o mundo ocidental não teria crescido do jeito que cresceu”.

O autor lembra que antes era uma “ofensa” dizer que alguém tinha origem afro descendente.

“A aproximação da cultura africana era, para os meus pais, extremamente desfavorável. Não era alguma coisa que se desejasse para um filho o envolvimento com a cultura africana. Conotava atraso, negatividade, opressão e racismo”, analisou.

Nei Lopes passou a dedicar-se aos estudos da população negra de origem banta, que foi maioritária no Brasil durante o período do tráfico atlântico desde o século 16 até o final da escravatura.

Fonte: DN PT

+ sobre o tema

Coalizão de entidades lança campanha por mais negros nos parlamentos

A Coalizão Negra por Direitos, que reúne mais de...

Kenarik Boujikian é nomeada para a Secretaria Nacional de Diálogos Sociais da Presidência

A desembargadora aposentada do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) Kenarik...

Precarização do trabalho rural impacta mais pessoas negras e mulheres

Um relatório da Oxfam Brasil indica que mulheres e pessoas negras...

Em Ceilândia, Anielle Franco anuncia R$ 1,6 milhão para organizações

A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, anunciou, nesta...

para lembrar

Decreto para cota no Executivo fica pronto até o fim do ano, diz ministra

Segundo Luiza Bairros (Igualdade Racial), texto será submetido a...

COP 26 e a importância da perspectiva indígena, antirracista e do bem viver

Em um contexto de ocorrência de diversos eventos climáticos...

Isabel e Zé Maria – Por Cidinha da Silva

Há vários capítulos Isabel (Camila Pitanga) mostra-se comovida e...

Stepan Nercessian diz que não terá ‘cara de pau’ de pedir votos

O deputado federal e ator Stepan Nercessian (PPS-RJ) afirmou...

OABRJ levará absolvição dos policiais no caso João Pedro ao STF

A Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro (OABRJ) levará o caso da absolvição dos policiais na morte do jovem João Pedro...

O grande bazar de direitos

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, declarou nesta semana estar "muito entusiasmado com a iniciativa do STF  de, ao invés de simplesmente decidir pela inconstitucionalidade daquilo que...

Mães de vítimas da violência policial em SP, RJ e BA vão à Comissão Interamericana de Direitos Humanos denunciar o Estado brasileiro

Representantes de movimentos de mães de vítimas da violência do Estado e organizações de direitos humanos como Anistia Internacional, Conectas Direitos Humanos, Instituto Vladimir...
-+=