Netflix lança filme sobre a polêmica morte da ativista trans Marsha P. Johnson, a ‘Rosa Parks’ do movimento LGBT

Marsha P. Johnson foi um dos ícones do movimento gay nos anos 60 em Nova York, nos Estados Unidos. Drag queen, negra e ativista trans, ela chegou a ser considerada a Rosa Parks da comunidade LGBT. Marsha também teve um papel crucial durante a Revolução de Stonewall, ocorrida em 28 junho de 1969. Tempos depois, o evento que daria origem ao Dia do Orgulho LGBT.

Do Hypeness 

Após anos de luta, a ativista foi encontrada morta no Rio Hudson em 1992. Na época, a polícia assumiu que a morte havia se tratado de um suicídio e nunca investigou o caso a fundo. No entanto, pessoas próximas a ela nunca acreditaram nessa hipótese.

Um novo documentário que será lançado em breve pelo Netflix promete trazer à tona o legado de Marsha. “A Morte e Vida de Marsha P. Johnson” deverá estar disponível no serviço a partir do dia 6 de outubro. Com direção de David France, o documentário pretende apresentar diversas versões sobre o caso.

A conta internacional da empresa já divulgou o primeiro traileir do filme (em inglês). Confere só!

+ sobre o tema

Assassinato de João Antônio Donati: Polícia investiga suspeita de homofobia em morte de jovem gay em Goiás

Enquanto a criminalização da homofobia virou moeda eleitoral, a...

Oscar honorário: Euzhan Palcy se torna primeira diretora negra a ganhar estatueta

A diretora de cinema Euzhan Palcy terá a sua trajetória reconhecida...

Por que cada vez mais mulheres têm buscado métodos anticoncepcionais sem hormônio

Além da pílula, alternativas naturais e com menos interferências...

Por promover “terapias de conversão”, Marisa Lobo será julgada por Conselho nesta sexta-feira

Após inúmeras denúncias, defensora da “psicologia cristã” pode ser...

para lembrar

Evento: Memórias, Poéticas e resistências do carnaval Afro-paulistano

O Núcleo de Pesquisa e Educação Patrimonial em Territórios...

Não, Pedro Paulo! Agredir mulher NÃO é ‘coisa de casal’. É crime.

Secretário Pedro Paulo Carvalho (PMDB-RJ) diz que agressões à...

Princesinha que nada!

MC Soffia canta sobre empoderamento de meninas negras desde...

Quatro gerações de mulheres negras histerectomizadas

Encontrei na feira, na semana passada, a filha de...
spot_imgspot_img

O que está em jogo com projeto que torna homicídio aborto após 22 semanas de gestação

Um projeto de lei assinado por 32 deputados pretende equiparar qualquer aborto realizado no Brasil após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio. A regra valeria inclusive para os...

Justiça brasileira não contabiliza casos de homotransfobia, cinco anos após criminalização

O STF (Supremo Tribunal Federal) criminalizou a homotransfobia há cinco anos, enquadrando o delito na lei do racismo —com pena de 2 a 5 anos de reclusão— até que...

Maria da Conceição Tavares: quem foi a economista e professora que morreu aos 94 anos

Uma das mais importantes economistas do Brasil, Maria da Conceição Tavares morreu aos 94 anos, neste sábado (8), em Nova Friburgo, na região serrana do Rio...
-+=