Netinho justifica alto índice de rejeição em sabatina

Pré-candidato do PCdoB acredita que enfrenta antipatia de eleitores conservadores

Campeão de rejeição no eleitorado de São Paulo – 38%, segundo pesquisas recentes, Netinho de Paula (PCdoB) falou sobre suas propostas para a cidade e até vida pessoal nesta sexta-feira (1º), na sabatina do R7 e da Record News com os pré-candidatos a prefeito.

O ex-pagodeiro acredita que a taxa de rejeição não está relacionada ao caso de violência doméstica que Netinho protagonizou em 2005.

Na época, ele agrediu a então mulher a socos no rosto e corpo dela.

—Não posso ser condenado por algo da minha vida pessoal de sete anos atrás. Foi um erro, muito mais fruto de uma educação machista, de periferia. Mas que consertei a tempo.

Para Netinho, sua origem – na periferia – e sucesso – como cantor – que provocam desconfiança de eleitores conservadores da cidade. Ele nega, entretanto, que seja rejeitado por preconceito racial.

— Fui o candidato negro mais votado do Brasil e da América Latina. Foram mais de sete milhões de votos.

Desenvolvimento na zona leste

Uma das principais bandeiras políticas de Netinho é levar o desenvolvimento para bairros pobres. Por isso, ele defendeu isenção para a iniciativa privada construir o estádio Itaquerão na zona leste de São Paulo.

— Sou a favor da contrapartida social. O Itaquerão na zona leste vai gerar seis mil empregos imediatamente.

Sobre as negociações que ainda persistem entre PCdoB e PT para que o vice de Fernando Haddad seja de seu partido, Netinho desconversa.

— Que eu saiba, não [há essas conversas]…

 

 

 

 

Fonte:  R7

+ sobre o tema

O Estado emerge

Mais uma vez, em quatro anos, a relevância do...

Extremo climático no Brasil joga luz sobre anomalias no planeta, diz ONU

As inundações no Rio Grande do Sul são um...

IR 2024: a um mês do prazo final, mais da metade ainda não entregou a declaração

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda...

Mulheres em cargos de liderança ganham 78% do salário dos homens na mesma função

As mulheres ainda são minoria nos cargos de liderança...

para lembrar

Angelina Gonçalves, assassinada na luta pelos direitos trabalhistas

Na votação da precarização do trabalho, no dia 22...

O Dia da Mentira nada tem a ver com sociopatas da política

Não são doentes, apenas portam personalidades bandidas Por: Fátima Oliveira   Escrevo...

Brasil aumenta cotas para negros nos campos santos – por Jorge da Silva

Os programas de cotas raciais têm provocado muita polêmica....

Seguimos como sonâmbulos e estamos indo rumo ao desastre, diz Edgar Morin

Para um dos maiores filósofos vivos, humanidade deve tomar...

‘O 25 de abril começou em África’

No cinquentenário da Revolução dos Cravos, é importante destacar as raízes africanas do movimento que culminou na queda da ditadura em Portugal. O 25 de abril...

IBGE: número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave em SP cresce 37% em 5 anos e passa de 500 mil famílias

O número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave no estado de São Paulo aumentou 37% em cinco anos, segundo dados do Instituto...

Fome extrema aumenta, e mundo fracassa em erradicar crise até 2030

Com 281,6 milhões de pessoas sobrevivendo em uma situação de desnutrição aguda, a ONU alerta que o mundo dificilmente atingirá a meta estabelecida no...
-+=