“Nos tempos do Imperador”: Globo afasta diretor acusado de racismo nos bastidores de novela

Enviado por / FonteDo Brasil de Fato

Após repercussão da denúncia de atrizes, ator de trama sobre segundo reinado contou que foi chamado de "escravo"

A Rede Globo afastou temporariamente dos trabalhos na emissora o diretor Vinicius Coimbra, que atuou na direção artística da novela “Nos tempos do Imperador”, após denúncias de racismo vindas de atores negros da trama. A novela, encerrada no início de fevereiro, tratava do período do Segundo Reinado no Brasil.

Três atrizes negras, Cinnara Leal, Dani Ornellas e Roberta Rodrigues, reclamaram com o diretor de entretenimento, Ricardo Waddington, e com o diretor de dramaturgia da emissora, José Luiz Villamarim. As gravações da novela começaram em 2020 e nada foi feito nos meses seguintes. As atrizes decidiram, então, apresentar uma queixa formal no setor de “compliance” da emissora.

Segundo a colunista Carla Bittencourt, no site Notícias da TV, a denúncia das atrizes aponta que o diretor tinha falas preconceituosas e segregava atores negros. O elenco negro era separado do elenco branco, inclusive em relação aos camarins que seriam ocupados nos estúdios da novela.

“Escravo”

Após a repercussão sobre o afastamento de Vinicius Coimbra, o ator Ricardo Lopes, que atuou na trama das seis, comentou em uma postagem que foi chamado de “escravo” pelo diretor para que se posicionasse em cena.

“Fiz uma participação nessa novela, meu personagem estava descrito como escravo 1 e ele me chamou de escravo pedindo para eu me posicionar. A assistente de direção no microfone falou assim: ‘o nome dele é Ricardo’ e ele nem sequer se redimiu. Na hora foi um choque porque fiquei um pouco constrangido”, relatou o ator.

À colunista que noticiou as denúncias, o diretor se limitou a dizer que “o elenco da novela tem todo o meu respeito e admiração. Sou a favor do diálogo e acredito que todas as discussões sobre o tema são necessárias”. Coimbra estaria à frente de “Mar do Sertão”, novela que vai suceder “Além da ilusão”, trama que está no ar no horário das seis.

Mudança

Em janeiro, quando a novela estava nas semanas finais, a personagem Lupita, interpretada por Roberta Rodrigues, teve o final alterado e a atriz deixou a novela antes do fim. O público estranhou, já que a personagem era uma das mais populares e carismáticas da trama das seis. No dia 18 de janeiro, Roberta se manifestou no Instagram.

“O que me afastou do fim novela não foi covid-19. Tive covid-19 em setembro de 2021 e cheguei a retornar às gravações dia 24 do mesmo mês. Ao contrário do que está sendo propagado por aí, o real motivo de eu não estar na etapa final da novela tem a ver com outras questões”, escreveu a atriz, antes que a denúncia viesse à tona.

+ sobre o tema

2 minutos para entender – Desigualdade Racial no Brasil

Do Super A cada 12 minutos um negro é assassinado...

Deus é contra as cotas? Por, Dennis de Oliveira

Dennis de Oliveira, MOVIMENTAÇÃO NO CÉU Movimentação no Céu....

É diferente ser pai e mãe de uma criança negra – TED de Clint Smith

Quando criança, todos recebemos conselhos que parecem estranhos, de...

para lembrar

Rafael Braga e o desafio de ser jovem e morador da periferia no Brasil

Quando chegamos a uma determinada fase da vida, a...

Cultura popular é feita na base da teimosia, diz militante quilombola

Aiuê de São Benedito. Festa da Capina. Marambiré. Suça…Graças...

Emicida e o direito de sermos quem somos

“Eu mudarei o curso da vida/Farei um altar para...

Gravidez na infância: quando corpos negros estão na linha da morte

O Corpo negro franzino sequer iniciou o processo de...
spot_imgspot_img

Prisão de torcedores deveria servir de exemplo para o futebol brasileiro

A condenação de três torcedores racistas na Espanha demonstra que, apesar da demora, estamos avançando em termos de uma sociedade que quer viver livre...

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...
-+=