NOTA PÚBLICA: Menção à Anistia Internacional na novela ‘A regra do jogo’

A Anistia Internacional manifesta total repúdio ao uso do nome da organização de maneira indevida no capitulo da novela A regra do jogo exibido nesta segunda feira (21). Ao entrar em um presidio de segurança máxima, o protagonista da novela, Romero Romulo, interpretado por Alexandre Nero, se apresenta como advogado de direitos humanos que estaria a serviço da Anistia Internacional. A representação equivocada do trabalho de defensores de direitos humanos na novela tem sido explorado de forma irresponsável e contribuindo para criminalizar o mesmo.

Do facebook

A Anistia Internacional é uma organização respeitada, com 54 anos de historia, que conta com mais de 7 milhões de apoiadores que se mobilizam em defesa dos direitos humanos para todos e todas. Vencedora do Prêmio Nobel da Paz (1977) e presente em mais de 150 países, tem 95% dos seus custos financiados por doações individuais, o que permite total independência de governos, partidos, interesses econômicos, políticos e religiosos.

No início de agosto desse ano, a Anistia Internacional publicou o relatório “‘Você Matou Meu filho’: Homicídios cometidos pela Polícia Militar na cidade do Rio de Janeiro”, denunciando casos de execuções extrajudiciais na favela de Acari e outras comunidades fluminenses. Desde então, vem pressionando as autoridades estaduais a adotarem medidas urgentes para garantir investigação dos casos e justiça para as famílias das vítimas, além de medidas estruturais para adequar o uso de força letal pela polícia.

No Brasil, a atuação da organização tem sido pautada pelo debate amplo sobre os altos índices de homicídios entre os jovens negros moradores de periferia, que respondem por 77% dos cerca de 30 mil jovens assassinados todos os anos no país.

Embora se trate de uma obra de ficção, a novela A regra do jogo, ao usar o nome da Anistia Internacional – uma organização referência e atuante no país, presta um desserviço à consolidação de uma cultura de direitos humanos na sociedade brasileira.

+ sobre o tema

Do Baú do STF: Episódio 1 – Daniel Dantas e Guarani-Kaiowa

por Renato Rovai   Inicio com este post...

“Quando o Crato voltou a ser senzala”

Por Raquel Arraes No dia 06 de fevereiro...

Marco Feliciano é lembrado na Malhação de Judas, em Brasília

Tradicional manifestação em Brasília, que ocorre há décadas,...

Em protesto contra Feliciano, deputados abandonam Comissão de Direitos Humanos

Deixaram seus cargos: Érika Kokay, Domingos Dutra, Padre Ton,...

para lembrar

Anistia critica falta de solução no caso Marielle: “Justiça está em cheque”

A Anistia Internacional divulgou uma nota pública em que volta...

Direitos Humanos são inegociáveis

A atual crise política e o déficit de legitimidade...
spot_imgspot_img

Anistia Internacional lança campanha Escreva por Direitos, no Rio

A organização não governamental (ONG) Anistia Internacional Brasil lançou neste domingo (29) a campanha Escreva por Direitos, no Festival Mulheres do Mundo - WOW...

Mulheres negras representam 62% das vítimas de feminicídio no Brasil, aponta Anistia Internacional

A escalada da violência contra a mulher em todo o Brasil é um dos alertas contidos no novo relatório da Anistia Internacional. A organização...

RJ teve o maior número de violações de direitos humanos no período eleitoral, aponta relatório da Anistia Internacional

Um relatório da Anistia Internacional revelou que o Rio de Janeiro teve o maior número de casos de violações de direitos humanos durante o...
-+=