Nove candidatos à Presidência do Paraguai discutem erradicação da pobreza

Por: Renata Giraldi*

 

Brasília – A pouco mais de duas semanas das eleições presidenciais no Paraguai, nove dos 11 candidatos apresentarão amanhã (4) as principais estratégias para a erradicação da pobreza no país. As propostas serão apresentadas durante um fórum de debates, no Teatro Municipal, em Assunção. Estarão presentes Efraín Alegre (Alegre Paraguai Alliance), Mario Ferreiro (País Avanza), Miguel Carrizosa (Pátria Querida), Lilian Soto (Kuna Pyrenda), Eduardo Arce (Partido dos Trabalhadores), Ricardo Almada ( Partido Branco), Atanásio Galeano (Partido Pátria Livre), Aníbal Carrillo (Frente Guasú) e Roberto Ferreira (Partido Humanista).

As eleições presidenciais no Paraguai ocorrem no próximo dia 21. O país está suspenso do Mercosul e da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) há mais de nove meses, desde o processo de impeachment do então presidente Fernando Lugo. Para os líderes da região, a forma como o processo foi conduzido rompeu com a ordem democrática.

O então vice-presidente da República, Federico Franco, assumiu o poder em junho de 2012. Desde então, ele é o presidente da República e tenta buscar um acordo para acabar com a suspensão do Paraguai do Mercosul e da Unasul. Franco diz que seu governo é legítimo, pois a Constituição determina que o vice-presidente assuma o poder em caso de impedimento do titular.

Os organizadores determinaram que durante o fórum, amanhã, estão proibidos banners e cartazes, assim como instrumentos musicais. O objetivo, segundo eles, é garantir a ordem e o clima para a discussão. O candidato à Presidência da República, acompanhado por aquele que disputa uma vaga ao Senado, poderá ter três minutos para expor cada proposta. O candidato ao Senado terá dois minutos.

Na plateia, estarão presentes representantes de agricultores, indígenas, jovens, empresários e de organizações não governamentais. O fórum será transmitido ao vivo pela internet e gravado pela TV pública. O encontro tem o apoio de várias entidades internacionais, como a União Europeia e o Serviço de Cooperação Técnica da Embaixada da Espanha no Paraguai.

 

 

Fonte: Agência Brasil 

+ sobre o tema

Na zona leste, Mostra Motumbá discute feminismo, questão racial e LGBT

Iniciada em novembro e com programação até março de...

Nasce um novo movimento social nos Estados Unidos

A presença de um amplo leque de sindicatos transformou...

São Paulo: Festa Sandorê leva maracatu e afoxé ao Jongo Reverendo

Uma festa com muito tambor, dança e alegria, em...

para lembrar

Negros marcham contra reformas genocidas de Temer

Ato, organizado por uma série de organizações do movimento...

Pontos de Leitura da Ancestralidade Africana

Biblioteca Nacional lança Pontos de Leitura da Ancestralidade Africana. Livro...

Brasil corre para abrir novas fronteiras na África

O governo e algumas grandes empresas brasileiras estão...

MOGI DAS CRUZES: Zumbi dos Palmares ganha monumento

Fonte: Mogi News - A Prefeitura de Mogi,...
spot_imgspot_img

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Sambista ligada ao rap, Leci Brandão rebate críticas de Ed Motta: ‘Elitista’

Leci Brandão, 79, rebateu com estilo as recentes declarações de Ed Motta, que chamou de "burros" os fãs de hip hop, "sem exceção". Sem citar...
-+=