Número de resgatados em trabalho análogo ao escravo em MG sobe 37,8% em 2022

Estado, que lidera ranking de resgates e de operações, tem o terceiro maior contingente de fiscais do país

O resgate de sete lavradores em situação análoga à escravidão, segundo autoridades, não é um caso isolado em Minas Gerais. Há 13 anos o estado é o líder do país nesse tipo de registro, tanto em número de trabalhadores quanto de operações, conforme dados do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego).

Em 2022 foram 1.070 pessoas resgatadas nessas condições no estado, o que equivale a 41,7% do total observado no Brasil.

Em segundo lugar no ranking, Goiás registrou um número expressivamente menor de resgates no ano passado (271 trabalhadores). Em terceiro lugar está o Piauí, com 180 resgatados.

Dois fatores explicam a liderança de Minas Gerais, afirma o coordenador do GMóvel (Grupo Especial de Fiscalização Móvel) do MTE, Maurício Krepsky.

O primeiro está relacionado ao número de fiscais no estado. Minas tem 156, o terceiro maior contingente do país, atrás de São Paulo e Rio de Janeiro, que têm, respectivamente, 180 e 172 fiscais. A Bahia, estado quase do mesmo tamanho de Minas, tem 65.

Na outra ponta está a diversidade da economia do estado, que inclui cultivo de café, cana-de-açúcar e carvoarias. “São setores que empregam (ou exploram) muita mão de obra”, diz Krepsky.

“A percepção que temos é que quanto mais denúncias são fiscalizadas, mais casos podem ser encontrados”, avalia o coordenador do GMóvel. Denúncias de trabalho análogo ao escravo podem ser feitas de forma sigilosa ao MTE pelo site https://ipe.sit.trabalho.gov.br/.

Leia Também:

O que é trabalho análogo à escravidão, segundo a lei brasileira

+ sobre o tema

Feliciano reabrirá ao público sessões de comissão, diz líder do PSC

  Pressionado pela cúpula da Câmara e pelo próprio partido,...

Manifestantes em prol dos direitos humanos fazem protesto em Cuiabá

Membros de institutos, ONGs e estudantes fizeram protesto na...

Ex-vítimas de trabalho escravo ganham vida nova em estádio da Copa

José Divino da Silva, de 58 anos, ainda...

para lembrar

M.Officer pode ser banida do mercado por trabalho análogo à escravidão

Marca de roupas pertencente a empresário e playboy Carlos...

Temer retira 70% da verba de combate ao trabalho escravo, apontam auditores

De 2015 para 2017, caiu quase pela metade o...

Corte internacional conclui audiência sobre trabalho escravo no Brasil

A Corte Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos...
spot_imgspot_img

Cinco trabalhadores são resgatados em condições análogas à escravidão na serra gaúcha

Cinco trabalhadores foram resgatados em condições análogas à escravidão em uma propriedade rural no município de Farroupilha, na serra gaúcha, pelo Ministério do Trabalho...

Quem cata suas latinhas é trabalhador?

Todo Carnaval tem seu fim. E com ele toneladas e mais toneladas de lixo... Não importa como você decidiu comemorar o seu Carnaval. Se decidiu cair na folia, lá...

Trabalho análogo ao escravo persiste em lavouras de café brasileiras, aponta estudo

O trabalho análogo ao escravo em lavouras de café não é algo do passado. Mesmo com certificações e auditorias, a violação de direitos de...
-+=