Obama e Cuba

(Hoje em Dia) – Em encontro histórico  no Panamá,  o Presidente dos EUA, Barack Obama e o de Cuba, Raul Castro, colocaram  fim a um confronto de décadas, concluindo movimento de reaproximação que começou com aperto de mãos entre os dois dirigentes, a poucos metros da Presidente Dilma Roussef, na tribuna de honra do funeral de Nelson Mandela, no dia 10 de dezembro de 2013.

Do Mauro Santayana

Antes mesmo do início das negociações diplomáticas com os EUA, Cuba já estava plenamente integrada ao resto do mundo e à América Latina.

Os investimentos estrangeiros na ilha somam bilhões de dólares. Há poucas semanas, foi realizada a trigésima-segunda edição da feira Internacional de Havana, com a presença de 2.000 empresas de 60 países, entre eles a Alemanha, que esteve representada por 37 empresas, entre elas a Bosh, a MAN e a ThyssenKrupp.

A iniciativa de Barack Obama de se reaproximar com Cuba foi corajosa, mas necessária. Ao insistir em manter o bloqueio econômico sobre a ilha, os EUA estavam cada vez mais isolados, nessa questão, com relação ao resto do mundo.

Em outubro do ano passado, a Organização das Nações Unidas condenou , pela vigésima-terceira vez desde 1992, o embargo norte-americano contra Cuba.  Cento e oitenta e oito países votaram contra os Estados Unidos, e a favor de Cuba. Três ( as Ilhas Marshall, a Micronésia, e Palau), se abstiveram. E os únicos votos a favor de Washington foram o de Israel e o dos próprios EUA.

Em 2014, 3 milhões de turistas visitaram Cuba, que está mais para um paraíso tropical, do que para o sombrio campo de concentração pintado por publicações como o “Reader´s Digest” durante a Guerra Fria – cujo fim foi anunciado agora por Obama.

O mais famigerado campo de prisioneiros em Cuba não é cubano, mas norte-americano, Obama já se comprometeu a fechá-lo, e funciona em  uma base militar dos EUA no enclave de Guantánamo.

Há quase dois anos, qualquer cubano está liberado para montar o seu próprio negócio, tirar passaporte  e viajar para o exterior, desde que tenha visto para o país de destino, incluídos dissidentes como a blogueira Yoani Sanchez, que já esteve no Brasil, e que vive em confortabilíssimo – para os padrões cubanos – apartamento em Havana, sem ser incomodada,  presa ou torturada, como ocorreria caso tivesse vivido, em passado historicamente recente, em muitos países latino-americanos.

Enquanto isso, na contramão da história, assiste-se, no Brasil, ao ressurgimento de um anticomunismo tosco, anacrônico, rancoroso e desequilibrado. Malucos vêem perigosos agentes comunistas por trás dos médicos cubanos que estão aqui trabalhando – em tudo iguais aos médicos cubanos que trabalham em cooperação com os Estados Unidos no combate ao Ebola na África – ao mesmo tempo em que usam e exibem aparelhos eletrônicos montados por empresas estatais chinesas, com participação acionária do Partido Comunista, na República Popular da China.

+ sobre o tema

Renato Cinco: “Daciolo, pegue seu mandato e saia do Psol”

Vereador carioca se manifestou sobre declaração de Cabo Daciolo, deputado...

Justiça suspende processo de cassação de Renato Freitas pela Câmara de Curitiba

Uma juíza da 5ª Vara de Fazenda Pública de Curitiba,...

Estrela de debate, socialista Plínio é faz-tudo na própria campanha

Esqueça os jatinhos que cruzam o Brasil em...

para lembrar

Obama e Raúl Castro têm encontro histórico na Cúpula das Américas

Os presidentes de Estados Unidos e Cuba, Barack Obama...

Presidente Obama recebe jovens líderes representantes de países africanos

Presidente Obama recebe jovens líderes representantes de países africanos  

Michelle Obama faz Rap incentivando jovens a irem para faculdade

A primeira-dama americana Michelle Obama fez uma parceria com o...

Discurso en español de Barack Obama sobre la raza y el racismo

Fonte: Liderazgo Auténtico - Traducción de los fragmentos que...

Suspeito de invadir o Capitólio é preso com material para explosivos perto da casa de Obama, diz jornal

Um homem com materiais para fazer explosivos foi preso perto da casa de Barack Obama, ex-presidente dos Estados Unidos, nesta quinta-feira (29), segundo os portais CBS...

Obama condena ataques em Brasília e defende transição pacífica como pedra angular da democracia

SÃO PAULO - O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama juntou-se à extensa lista de lideranças mundiais que condenaram a invasão e depredação das sedes dos Três Poderes por uma...

Barack Obama revela seus filmes, músicas e livros preferidos de 2022

Já virou tradição: anualmente, Barack Obama compartilha listas de seus filmes, músicas e livros preferidos naquele ano, e desta vez não foi diferente. Em 2020, um título...
-+=