Os Futuros da Diáspora Africana

Videoconferência reúne artistas e intelectuais da África e da diáspora africana na Europa, América do Sul e América do Norte para vislumbrar a produção artística relacionada ao continente.

Enviado por Simone Malina para o Portal Geledes

“Se você quiser ter alguma ideia do mundo que está por vir, o mundo à nossa frente, contemple a África”, diz o filósofo africano Achille Mbembe.

Como se apresenta o futuro da África sob o olhar de artistas e acadêmicos? Que formas e narrativas de ficção científica foram desenvolvidas pelos artistas africanos?

Essas são algumas das questões enfocadas pelo projeto African Futures, organizado pelo Goethe-Institut, de 28 a 31 de outubro de 2015. O Festival conta com uma programação interdisciplinar e simultânea em três capitais africanas: Johannesburgo (África do Sul), Lagos (Nigéria) e Nairobi (Quênia), com o objetivo de explorar o futuro por meio da expressão narrativa e artística – literatura, belas artes, música, cinema, abrangendo também vários formatos digitais.

Como parte da programação do “African Futures”, São Paulo vai sediar aVideoconferência Circum-atlântica: Os Futuros da Diáspora Africana, que acontecerá no dia 30 de outubro (sexta-feira), às 15h, no Goethe-Institut São Paulo (Rua Lisboa, 974 – Pinheiros). No evento, artistas e intelectuais da África e da diáspora africana na Europa, América do Sul e América do Norte se reúnem para antever seu futuro e o de sua produção artística, marcada por uma reflexão crítica sobre a África e suas reverberações fora do continente.

Estão previstas participações internacionais de Adrienne Edwards, curadora, acadêmica e escritora com enfoque em artistas da diáspora africana e do Sul Global, o curador Bonaventure Ndikung, fundador e curador do espaço do Savvy Contemporary Art Space, de Berlim e Kodwo Eshun, do The Otolith Group, de Londres.

Em São Paulo, a videoconferência será moderada por Daniel Lima, integrante do coletivo Frente 3 de Fevereiro e contará com a participação de Leda Martins, professora da UFMG, poeta e ensaísta e Viny Rodrigues, sociólogo e membro do coletivo Sistema Negro, de São Paulo.

A videoconferência “Os futuros da Diáspora Africana” é aberta ao público e as inscrições gratuitas podem ser realizadas através do e-mail:[email protected]. Haverá transmissão ao vivo através do site: www.goethe.de/africanfutures. Será concedido certificado aos participantes.

 

SERVIÇO

 

Videoconferência Circumatlântica: Os Futuros da Diáspora Africana

30 de outubro (sexta-feira), às 15h

Goethe-Institut São Paulo

Rua Lisboa, 974 – Pinheiros

Telefone 55 11 3296 7000

Inscrições gratuitas: [email protected]

Será concedido certificado aos participantes

 

SOBRE O PROJETO EPISÓDIOS DO SUL

Buscar  visões e contribuições do Sul na arte, na ciência e na cultura, em um contexto de crescente globalização é o objetivo do projeto Episódios do Sul, concebido pelo Goethe-Institut São Paulo. Ao longo de três anos, através de rodas de discussão, seminários, grupos de pesquisa, residências e produções artísticas, serão colocadas em pauta as  visões próprias do sul em relação à história da arte global, o futuro dos museus, utopias possíveis, mediação do conhecimento, entre outros temas. www.goethe.de/brasil/episodios

 

ATENDIMENTO À IMPRENSA

Assessoria de Imprensa | Goethe-Institut São Paulo

Simone Malina – [email protected] Tel (11) 3296 7022

Gabriel Borges [email protected] Tel (11) 3296 7024

 

Simone Malina
Departamento Cultural
Goethe-Institut São Paulo
Rua Lisboa, 974
05413-001 – São Paulo – SP
Tel : 5511-3296-7022
www.goethe.de/saopaulo

+ sobre o tema

UA recompensa cientistas africanos

A União Africana (UA) identificou cinco cientistas africanos para...

A literatura engajada do Nobel de Literatura Wole Soyinka

Por: Nahima Maciel Wole Soyinka foi o primeiro e único...

Negros estrangeiros buscam Mama África paulistana

Segundo relatório da Polícia Federal de dezembro de 2013,...

para lembrar

Cheikh Anta Diop

Cheikh Anta Diop, nascido em 29 de dezembro de...

Alemanha: Âncoras Negros no Noticiário

A Alemanha não conta com âncoras negros no noticiário,...

Yaya: “Ninguém quer saber da Costa do Marfim porque somos africanos”

Yaya Touré está furioso por ninguém querer saber da...

Amílcar Cabral o poeta africano

Por que alguém se preocuparia em calar a voz...
spot_imgspot_img

Um Silva do Brasil e das Áfricas: Alberto da Costa e Silva

Durante muito tempo o continente africano foi visto como um vasto território sem história, aquela com H maiúsculo. Ninguém menos do que Hegel afirmou, ainda no...

Artista afro-cubana recria arte Renascentista com negros como figuras principais

Consideremos as famosas pinturas “A Criação de Adão” de Michelangelo, “O Nascimento de Vênus” de Sandro Botticelli ou “A Última Ceia” de Leonardo da Vinci. Quando...

Com verba cortada, universidades federais não pagarão neste mês bolsas e auxílio que sustenta alunos pobres

Diferentes universidades federais têm anunciado nos últimos dias que, após os cortes realizados pelo governo federal na última sexta-feira, não terão dinheiro para pagar...
-+=