Os sinais da violência contra a criança

Fonte: Revista Viração

Uma pesquisa realizada pela Secretaria de Estado da Saúde indica que 37,8% dos casos de violência atendidos nos serviços públicos de saúde do Estado de São Paulo referem-se a maus tratos contra crianças e adolescentes menores de 18 anos. Conforme as 3.111 ocorrências de violência, notificadas pelos serviços entre janeiro e maio deste ano, 29,1% das vítimas são menores de 14 anos. As meninas representam a maioria dos atendimentos: cerca de 60% do total. Em 93% dos casos, o agressor da criança é homem.

“Infelizmente esse levantamento está absolutamente correto, corresponde a realidade, e o que é o pior. Essa violência ocorre no ambiente doméstico”, afirma Antonio Carlos Malheiros,coordenador da Vara da Infância e Juventude do Tribunal da Justiça de São Paulo e professor das Faculdades Integradas Rio Branco.

Segundo o especialista, a criança é presa fácil. “Ela se torna uma vítima praticamente sem defesa. Nesse contexto, é fundamental que os adultos que envolvem o universo dos menores, como professores, enfermeiros e vizinhos, fiquem atentos aos comportamentos das crianças. Uma violência certamente vai gerar distúrbios de comportamento como a vítima fica silenciosa e apática sem motivo. Além disso, essa criança que sofre violência possivelmente vai apresentar sinais físicos da ação”.

Ao identificar que a criança está enfrentando uma situação de risco, o desembargador orienta: “O adulto que identificou essa situação de risco do menor deve procurar imediatamente o Conselho Tutelar ou o próprio Fórum Cível para falar com um juiz ou promotor. Ou ainda, procurar uma delegacia mais próxima e abrir um boletim de ocorrência”.

Matéria original:Os sinais da violência contra a criança

+ sobre o tema

#BringBackOurGirls – A Nigéria chora

As notícias que chegam da Nigéria são ainda mais...

#QuemMatouNicinha: Quantas ativistas serão mortas na luta por direitos na Amazônia?

A missionária americana Dorothy Stang defendia o uso sustentável...

Defensoria Pública lança cartilha para pessoas em situação de rua

O objetivo da publicação é informar pessoas situação de...

Por que Brasil parou de divulgar ‘lista suja’ de trabalho escravo tida como modelo no mundo?

Apesar de ser reconhecido internacionalmente por seus esforços de...

para lembrar

‘Ex-Pajé’: um retrato poético, triste e urgente sobre a erosão da cultura indígena

Perpera, o ex-pajé, caminha no meio da floresta. Calça...

A não efetivação do direito ao trabalho e à educação no cárcere

No último 26 de julho, o ITTC – representado...

Artigo 1: Todos os seres humanos nascem livres e iguais

A Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) foi adotada...
spot_imgspot_img

Debate na ONU sobre a nova declaração de direitos da população afrodescendente conta com a presença de Geledés

Geledés - Instituto da Mulher Negra esteve presente na sede das Nações Unidas em Genebra, na Suíça, durante os dias 8 e 9 de...

Google celebra James Baldwin, escritor e ativista dos direitos civis

O Google está prestando uma homenagem a James Baldwin, renomado escritor e ativista dos direitos civis americanos, conhecido por suas obras literárias que abordam temas...

Caixa paga novo Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 4

A Caixa Econômica Federal paga nesta terça-feira (23) a parcela de janeiro do novo Bolsa Família aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS)...
-+=