Pais fazem protesto e acusam diretor de escola estadual de racismo e assédio moral

Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

Pais fizeram protesto em frente à escola (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

 

Pais de alunos e até ex-professores de uma escola estadual no bairro Tatuquara, em Curitiba, fizeram na manhã desta quarta-feira (26) um protesto contra o diretor da instituição de ensino. Eles reclamam da maneira com que ele trata professores e alunos e, ainda, denunciam a responsabilidade do diretor pelo afastamento da vice-diretora da escola, que desde o fim do ano passado deixou o serviço alegando problemas psicológicos.

Francisca da Silva reclamou do diretor à Banda B e falou sobre a maneira que ele tratava sua filha, que era vice-diretora da escola. “Fazia várias ofensas, tanto que ela pegou licença por problemas psicológicos”, contou. Anésia Rorbach, que tem um filho estudando na escola, afirmou que o diretor também humilha os alunos. “Chama de favelados e os trata mal, com tom preconceituoso”, descreveu.

Também presente no protesto estava o professor Jaime Tadeu da Silva, da APP-Sindicato, que trabalhou no local e saiu após problemas com o diretor. “Por ser negro, sofri discriminação. Cheguei a entrar com um processo, mas desisti quando vi que ele iria reverter a situação”, contou. História parecida foi contada pela mãe Eva Luiza do Padro. “Meu filho foi chamado de macaco e sofreu diversas ameaças”, disse.

O nome da escola não foi citado, porque o diretor não foi encontrado para rebater as denúncias. Ao mesmo tempo, a Banda B entrou em contato com a Secretaria de Educação, que respondeu o seguinte por meio de nota: “A Secretaria de Estado da Educação tomou conhecimento do assunto e está averiguando as denúncias. Se na apuração for verificada a conduta irregular do servidor, um processo administrativo será aberto”.

Fonte: Portal Banda B

 

+ sobre o tema

para lembrar

Pais dizem que alunos são obrigados a varrer a escola

A denúncia foi encaminhada ao Conselho Tutelar, que chamou...

“Grandes grupos econômicos estão ditando a formação de crianças e jovens brasileiros”

Em entrevista exclusiva, novo reitor da UFRJ, Roberto Leher,...

Se você não se ligar, o racismo te envolve na universidade, diz reitora negra

Integrante de um grupo pequeno, mas agora organizado, de...

Fuvest divulga aprovados no vestibular 2017

Neste ano, as carreiras mais concorridas foram Medicina em...
spot_imgspot_img

Geledés publica boletins sobre a Primeira Infância nos estados brasileiros

Geledés Instituto da Mulher Negra está realizando as ações da segunda etapa do projeto “Primeira Infância no Centro: garantindo o pleno desenvolvimento infantil, uma...

PL do novo PNE apresenta avanços em equidade e dá primeiro passo em financiamento, mas precisa de melhorias estruturais e traz também retrocessos

O Projeto de Lei (PL) nº 2.614/2024, que prevê um Plano Nacional de Educação (PNE) para o período de 2024-2034, apresenta avanços relacionados à...

Jovens cientistas receberão apoio de mais de R$ 21 milhões para pesquisas   

O Instituto Serrapilheira anunciou, nesta quarta-feira (26), os 33 pesquisadores selecionados em dois editais que vão injetar mais de R$ 21 milhões em ciência no Brasil. Uma...
-+=