‘Pantera Negra: Wakanda para sempre’ tem estreia de US$ 330 milhões nos cinemas mundiais

Enviado por / FonteG1, por Reuters

Continuação bateu recorde de arrecadação em estreia de novembro.

A aventura dos estúdios Marvel “Pantera Negra: Wakanda Para Sempre” arrecadou US$ 330 milhões em ingressos em todo o mundo no fim de semana de estreia. Com isso, estabeleceu um recorde de bilheteria para novembro nos Estados Unidos e no Canadá, segundo estimativas da Disney, dona do estúdio, neste domingo (13).

A sequência do sucesso de bilheteria “Pantera Negra” (2018), indicado ao Oscar de melhor filme, conseguiu cerca de US$ 180 milhões nos cinemas norte-americanos de quinta (10) à noite até domingo, a maior soma de todos os tempos para uma estreia de filme em novembro.

O recordista anterior para novembro, “Jogos Vorazes: Em Chamas” (2013), estreou com US$ 158,1 milhões internamente.

Fora do mercado norte-americano, “Wakanda Para Sempre” arrecadou US$ 150 milhões de quarta (9) a domingo.

O filme foi a obra de maior bilheteria para o fim de semana em todos os mercados, disse a Disney.

A Marvel teve que retrabalhar o filme depois que o ator Chadwick Boseman morreu de câncer em 2020, antes do início das gravações.

Boseman interpretou o rei T’Challa, o amado líder da fictícia Wakanda, no primeiro filme.

+ sobre o tema

Exposição “Carolina em Nós” homenageia escritora no Museu Afro Brasil

Neste sábado, 3 de outubro, será inaugurada no Museu...

Os Limites da Inclusão Social – Por Yuri Brito*

Já é de conhecimento do mundo mineral que, nos...

Padê Poema – Cuti

 Nação Inusitada em festa rodopiem os desejos ...

para lembrar

Bahia se consagra como o melhor destino turístico do Brasil

  A Bahia está no imaginário do brasileiro...

Chico Tabibuia

Francisco Moraes da Silva, Chico Tabibuia (Silva Jardim RJ 1936...

O chute de Éder

Quando o número 9 português marcou o gol da...
spot_imgspot_img

Sambista ligada ao rap, Leci Brandão rebate críticas de Ed Motta: ‘Elitista’

Leci Brandão, 79, rebateu com estilo as recentes declarações de Ed Motta, que chamou de "burros" os fãs de hip hop, "sem exceção". Sem citar...

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...
-+=