terça-feira, dezembro 6, 2022
InícioÁfrica e sua diásporaEntretenimentoVirada da Consciência Negra de SP reúne mais de 300 atrações; veja...

Virada da Consciência Negra de SP reúne mais de 300 atrações; veja programação

Além das atividades do próximo fim de semana, série de eventos inclui premiação e inauguração do Museu das Favelas

A partir do próximo sábado (19), São Paulo será sede da 5ª Virada da Consciência Negra. O evento é organizado pela Universidade Zumbi dos Palmares e a ONG Afrobras em parceria com o Governo do Estado e a prefeitura da capital.

A Virada da Consciência foi criada em 2018 para comemorar a Semana da Consciência Negra. Em razão da pandemia de Covid, o evento foi reduzido nos dois últimos anos.

Estão programadas 350 atividades gratuitas, como oficinais culturais, saraus e shows, para os museus, bibliotecas, teatros, Fábricas de Cultura e instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

Apesar de a Virada da Consciência Negra começar oficialmente no próximo sábado, véspera do Dia da Consciência Negra, alguns dos eventos já estão acontecendo e outros devem durar até 2023.

As fachadas dos espaços receberão iluminação cênica com as cores do pan-africanismo nos dias 18, 19 e 20.

Já no dia 21, ocorre a 20ª edição do Troféu Raça Negra, na Sala São Paulo, para premiar os destaques da comunidade negra brasileira e estrangeira.

Também parte do evento, a inauguração do Museu das Favelas, localizado no Palácio dos Campos Elíseos, dedicado a preservar a história e a cultura das favelas e periferias do estado e dar visibilidade a sua produção artística e criativa, acontecerá no dia 25.

Um investimento de 12 milhões do Governo de São Paulo, o local conta com programação cultural e educativa, exposições, biblioteca e espaço de convivência.

A programação completa da Virada pode ser acessada no site do evento.

“Estamos atuando para marcar o ano de 2022 e o mês da Consciência Negra, no ano em que as atividades artísticas e culturais voltam a ser presenciais, como a maior Virada da Consciência Negra que já aconteceu aqui em São Paulo”, afirma secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Sérgio Sá Leitão.


VEJA OS PRINCIPAIS EVENTOS DA 5ª VIRADA DA CONSCIÊNCIA NEGRA DE SÃO PAULO

20ª edição do Troféu Raça Negra, na Sala São Paulo, realizado pela Faculdade Zumbi dos Palmares e a Afrobras para premiar os destaques da comunidade negra (inter)nacional (21);

21ª edição do Festival Feira Preta, com mais de 130 atrações (inter)nacionais, entre shows, workshops, intervenções artísticas, empreendedorismo, gastronomia e moda. O festival conta com patrocínio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e o seu encerramento será realizado no Memorial da América Latina, com apresentação de Iza, BaianaSystem e outras atrações (5/11 a 04/12);

Exposição Bicentenário – Contado por Enredos e Fantasias, na Fábrica do Samba, realizada pela Liga das Escolas de Samba de São Paulo, apresenta alegorias carnavalescas em homenagem aos 200 anos da Independência do Brasil, além de atividades para o público infantil, cursos e shows das escolas de samba aos finais de semana (23/10 a 30/12);

Exposição África em São Paulo, no Museu da Imigração, com fotografias de Bob Wolfenson e relatos gravados pelo jornalista Naief Haddad sobre a diversidade étnica oriunda da África presente na capital paulista (19/11 a 12/03/2023);

Feira Comida de Herança – Raízes, no Museu da Imigração.Edição especial com foco no continente africano e cerca de 40 expositores (20);

Concerto em homenagem a Moacir Santos, no Theatro São Pedro, apresentando a obra do compositor, arranjador e multi-instrumentista afro-brasileiro (19);

Feira de afroempreendedorismo e apresentação musical com Roberta Oliveira & o Bando de Lá (12);

Exposição Grandes Personalidades Negras, no Museu da Imagem e do Som, reunindo obras de 81 artistas urbanos indicados por Fábricas de Cultura e CEUs em homenagem a 81 personalidades negras brasileiras (05/11 a 29/01/2023);

Batalhas de Rima SP, no Teatro Sérgio Cardoso, com seleção e premiação das batalhas de freestyle mais relevantes do Estado de São Paulo (26);

Breaking SP, no Teatro Sérgio Cardoso, com seleção e premiação de B-Boys e B-Girls do Estado de São Paulo (27);

Slam Poesia SP, noTeatro Sérgio Cardoso, com seleção e premiação dos slams mais relevantes do Estado de São Paulo (30);

Festival Ocupa MAB, no Museu Afro Brasil,apresentando a diversidade musical brasileira com shows da cantora Anelis Assunção, grupo Maracatu Solano Trindade, rapper Rico Dalasan, Clube do Balanço e a Funmilayo Afrobeat Orquestra, além de DJs, oficinas de samba rock e outras atrações (19 e 20);

8ª edição do Sarau Língua Afiada, no Museu da Língua Portuguesa, conduzido por Sérgio Vaz, criador do Sarau da Cooperifa, e show das Pastoras do Rosário, grupo de mulheres negras, em sua maioria sexagenárias, que apresentarão um repertório influenciado por congadas, moçambiques, sambas de roda e releituras de Carolina Maria de Jesus e Dona Ivone Lara (19);

Abertura do Museu das Favelas, no Palácio dos Campos Elíseos (25).

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench